Publicidade

Estado de Minas

Estádio Camp Nou é parada obrigatória para entender a história do Barcelona

O tour, batizado de Camp Nou Experience, começa com uma visita ao museu do clube, com um acervo entremeado por painéis que contam os 113 anos do time


postado em 08/05/2013 08:05 / atualizado em 08/05/2013 09:12

(foto: Bruno Silva/CB/DA Press)
(foto: Bruno Silva/CB/DA Press)


Na terra dos atuais campeões da Copa do Mundo, você nem precisa ser fã de futebol para notar como a rivalidade entre Real Madrid e Barcelona tem profundas raízes nos costumes espanhóis. Desde sempre protagonistas no campeonato nacional — e nos últimos anos, também na Liga dos Campeões da Europa —, os dois clubes estão em posições opostas até mesmo na maneira como contam a própria história, nas exposições permanentes dos museus.

Para quem quer entender um pouco mais do senso de identidade do povo catalão, o estádio Camp Nou é parada obrigatória. Lá, o clube conta como o Barcelona se tornou “mais que um clube”, como diz o lema. E, para quem gosta do esporte bretão, essa é a oportunidade de conferir de perto as taças conquistadas pelo time composto por Xavi, Iniesta e Messi — que, inclusive, tem réplicas das quatro premiações da Bola de Ouro da Fifa expostas no local.


Leia mais notícias em Turismo


O tour, batizado de Camp Nou Experience, começa com uma visita ao museu do clube, com um acervo entremeado por painéis que contam os 113 anos de história. Diversas placas em catalão, inglês e espanhol (há guias auditivos com fones de ouvido em português) mostram as origens do local como ponto de encontro entre estrangeiros que viviam na cidade, até os primeiros anos de glória, além da luta para não ser engolido pelo processo de homogeneização cultural imposto pelo ditador Francisco Franco, passando pelos bons anos de 1990 e finalizando na equipe atual.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade