Publicidade

Estado de Minas

Passeio de trem pela Escócia surpreende pelo luxo dos vagões e paisagens

A bordo, a mistura de culturas, os bons drinks e as refeições preparadas no capricho fazem o passageiro se sentir um rei


postado em 04/09/2013 09:35 / atualizado em 04/09/2013 18:03

O trem parte da Princes Street, em Edimburgo, e percorre as Higlands escocesas: imagens para guardar na memória(foto: Orient-Express/Divulgação)
O trem parte da Princes Street, em Edimburgo, e percorre as Higlands escocesas: imagens para guardar na memória (foto: Orient-Express/Divulgação)

O ponto de encontro dos passageiros é no hall do suntuoso Hotel Balmoral, que fica no coração da Princes Street. A elegância dos passageiros e o requinte do chá e dos amanteigados servidos para quem espera embarcar em um dos vagões do Royal Scotsman são apenas uma prévia da sofisticação do que vem a seguir. A estação é logo ao lado. Alguns passos e já está no rumo de uma viagem muito especial pelas Highlands escocesas, consideradas um dos cenários mais lindos e surpreendentes do país. Os viajantes seguem em cortejo. Atrás, o som de gaita de fole os acompanha, criando clima que só se sente por lá e silencia apenas quando o último passageiro está a bordo.

Leia mais notícias em Turismo

Dentro do trem, uma taça de champanhe brinda a bela viagem que todos aguardam. A passagem é cara, passa dos R$ 8 mil por pessoa, mas quem paga por ela quer desfrutar a experiência de estar com alguém querido, sem perdê-lo de vista, durante dois dias e meio. Gente que não faz conta de quanto pode custar o prazer de saborear a boa bebida, a comida e virar personagem dentro de paisagens únicas. E por que não aproveitar a chance para reviver o glamour dos passeios de trem — costume tão antigo dos britânicos.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade