Publicidade

Estado de Minas

Capital da Polônia, Varsóvia, é uma cidade rica em cultura e história

Armas, roupas e objetos utilizados na Segunda Guerra Mundial têm lugar nos museus da capital do país, Varsóvia. Descubra também o espaço que homenageia Chopin


postado em 18/12/2013 06:00 / atualizado em 18/12/2013 08:59

» Márcia Delgado

Estátuas e monumentos pela cidade lembram o levante contra os nazistas: memória da guerra(foto: Mariusz Cieszewski/Divulgação)
Estátuas e monumentos pela cidade lembram o levante contra os nazistas: memória da guerra (foto: Mariusz Cieszewski/Divulgação)

Como toda capital, Varsóvia é uma cidade pulsante, com prédios e transporte público modernos, rica culturalmente e que conta sua evolução por meio de museus e pela cidade histórica, totalmente destruída durante a Segunda Guerra.



Alguns devem ser conhecidos, por exemplo, o Museu do Levante de Varsória, que conta a resistência dos poloneses aos ataques nazistas. Fotos, armas e outros objetos originais da época lembram o horror enfrentado pela população e também servem de homenagem aos heróis que tentaram enfrentar bravamente a barbárie.

O prédio onde está instalado o museu é a antiga estação dos elétricos, os trens que circulam pela Polônia. Depois da Segunda Guerra, esse tipo de transporte se tornou mais necessário, e a ideia era destruir a construção e erguer uma outra moderna. No entanto, a comunidade foi contra e as autoridades locais decidiram manter o monumento e transformá-lo em um museu.

Em 31 de julho de 2004, um dia antes do aniversário dos 60 anos da Revolta de Varsóvia, o museu foi inaugurado. A Revolta de Varsóvia deixou um saldo de destruição e milhares de mortos na capital da Polônia. Para se ter ideia, 85% da cidade foram completamente destruídos por Hitler e a tropa. Dos mil edifícios históricos, incluindo os da Cidade Velha, apenas 64 ficaram de pé. Um deles é onde hoje fica o Museu do Levante de Varsóvia.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade