Publicidade

Estado de Minas

Viúva aposentada gasta cerca de R$ 430 mil para morar em navios de cruzeiro

Mama Lee vive há sete anos nas embarcações e diz que já perdeu a conta de quantos lugares já conheceu


postado em 22/01/2015 12:14 / atualizado em 28/01/2015 16:27

Após perder o marido, uma aposentada resolveu cruzar os sete mares a bordo de navios de cruzeiro, onde acabou virando hóspede permanente há sete anos. Lee Wachtstetter, mais conhecida como Mama Lee, de 86 anos, embarcou em sua primeira aventura náutica, incentivada por uma das filhas, quando o marido morreu de câncer, em 1997. Para isso vendeu a casa de cinco dormitórios em que vivia, em Fort Lauderdale, na Flórida. As informações são do USA Today.

Mama Lee conta que o marido, um banqueiro e avaliador imobiliário, foi quem a ensinou a amar navegar. “Durante nossos 50 anos de casamento, fizemos 89 viagens. Sozinha, eu já fiz perto de outras 100 e 15 voltas ao mundo”, conta. A bordo do navio Crystal Serenity, com capacidade para 1.070 passageiros, a idosa diz raramente sentir falta da terra firme. Ela afirma ter parado de contar o número de países que conheceu depois do centésimo destino.

Leia mais notícias em Turismo

A vida de sonho, no entanto, custa caro. Ela estima ter gastado cerca de US$ 164 mil (ou R$ 430 mil) no último ano. O valor custeia a cabine para uma pessoa, refeições, festas, filmes, leituras e outras atividades a bordo. “Eu adoro dançar e este é um dos últimos navios que restam que ainda promovem bailes com instrutores de dança”, conta. Antes de morar no Serenity, Mama Lee viveu no cruzeiro Holland America por três anos. Mas, no dia em que eles anunciaram que estavam encerrando as aulas de dança, ela decidiu ir embora.Em vídeo, Mama Lee dança com um instrutor a bordo do navio. veja:

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade