Publicidade

Correio Braziliense FIDELIDADE

Mais que um hábito, hospede-se em hotéis com pontos de fidelidade

Acumule pontos em programas oferecidos por redes de hotéis para conseguir vantagens em hospedagens durante as suas viagens. Participe de um ou de vários e aproveite


postado em 24/02/2018 10:00

Poucos sabem, mas assim como as companhias aéreas oferecem acúmulo de milhas, a indústria hoteleira também possui um programa de fidelidade para seus clientes. Na medida em que se hospeda em determinada rede de hotéis você  acumula pontos que podem render vários benefícios ao hóspede.


Enquanto em outros países essa ferramenta é bastante usual, aqui no Brasil ainda é recente, apesar de já ter dado grandes passos. Existem diversos hotéis que oferecem diferentes programas de acúmulo de pontos. O mais importante é entender como você pode se beneficiar com isso. Para aqueles que viajam muito, seja para curtir as férias, seja a trabalho, esse programa de fidelidade pode ser de grande interesse.

Conforme você se hospeda em determinada rede de hotéis, a maioria dessas empresas que possuem o programa de fidelidade permite que você acumule ou pontos, ou hospedagens, de acordo com o pagamento dessas estadias. Normalmente, para se ter o resultado dessa acumulação, basta multiplicar o valor gasto com o hotel e encontrar uma média de ponto.

A escolha das redes de hotéis varia não só de gosto e disponibilidade do programa de fidelidade, mas também de uma pesquisa em relação às unidades do hotel. É necessáriauma boa apuração para ver se as unidades de hotéis da rede que você escolheu estão disponíveis e atendem bem nas cidades às quais costuma viajar. Outro fato interessante é que o acúmulo de pontos varia também para viagens no exterior.

Algumas empresas criadas possuem parcerias com companhias aéreas e diversos hotéis espalhados pelo mundo, com o intuito de ajudar com descontos e oferecendo os melhores preços nas viagens propostas pelos seus clientes, como a  RCI e a Prive-Vacation Club.

Jorge Luiz dos Santos Paes Júnior, servidor público federal de 38 anos, morador de Águas Claras, possuía o título da Prive Vacation Club. Hoje, é associado da RCI e acaba por ganhar muitos descontos em hospedagens: “O título da RCI me oferece hospedagem em modelo “time sharing” — oferece o direito de ocupação de determinado imóvel como um quarto de hotel por um curto período de tempo — e me disponibiliza hospedagem com descontos para várias redes de hotéis com milhares de filiais espalhadas pelo mundo”.

De acordo com o servidor, nem sempre é fácil encontrar um período que coincida a sua disponibilidade com preços razoáveis no Brasil. A maioria das filiais que compensam utilizar o título da RCI se encontram no exterior, em cidades como Miami, nos EUA, e Cancún, no México. “No Brasil, costumo usar sites como o da Decolar ou Booking. Todas as vezes que utilizei o programa de fidelidade, precisei reservar com antecedência de, no mínimo, oito meses.

O padrão de fidelidade das indústrias hoteleiras é bem diferente do das viagens. É necessário astúcia para aproveitar da melhor maneira as possibilidades oferecidas. A escolha deve ser avaliada de acordo com o perfil de cada pessoa. Enquanto uma rede de hotel pode disponibilizar a melhor promoção para alguém que trabalha, o mesmo não ocorre para quem quer passar férias em determinado lugar. O Turismo separou algumas redes de hotéis que têm programas de fidelidade.

 

 

(foto: Maza/Flickr)
(foto: Maza/Flickr)

All Points


Não faz parte, necessariamente, de uma indústria hoteleira específica. A All Points é uma startup que possui várias empresas hoteleiras que a usam para seus programas de acúmulo de pontos. O princípio é o mesmo que o Marriott: a partir de 3 mil pontos, é possível utilizar o resgate para trocar por diárias. O cadastro é feito de forma gratuita e possui mais de 300.000  opções de troca de pontos, podendo variar até para viagens.

(foto: La Veranda Resort Phu Quoc/Divulgação)
(foto: La Veranda Resort Phu Quoc/Divulgação)

Le Club Accor

A acumulação de pontos varia de acordo com a categoria e a rede de hotéis escolhida. Ao contrário de alguns, esse clube possui várias redes no Brasil, como Adagio, Mercure, Thalassa e Ibis. Contudo é preciso ficar atento, depois de cada ano, os pontos começam a expirar.

(foto: IDEE PER VIAGGIARE/Flickr)
(foto: IDEE PER VIAGGIARE/Flickr)

Holiday Inn

Maior programa de fidelidade do setor hoteleiro, o  IHG® Rewards Club possui uma grande facilidade de utilização, com vários benefícios de transferência e compra de pontos. Diferentemente de algumas redes, os pontos não têm prazo de validade e podem ser convertidos em outros produtos. Atualmente são mais de 280 mil associados no Brasil, e mais de 60 milhões espalhados pelo mundo.

(foto: Francesco Camardo/Flickr - 5/10/13 )
(foto: Francesco Camardo/Flickr - 5/10/13 )

Club Calrson

A cada um dólar gasto, ganham-se 20 pontos. A diferença desse programa para os outros são as promoções ofertadas. Na medida em que o associado se hospeda, além dos pontos ganha bônus pela Club Calrson. Assim como outras redes de hotéis, no Brasil ainda existem poucas participantes. Entretanto, para quem pretende viajar, principalmente para os EUA, essa é uma ótima opção para aproveitar pontos de fidelidade.

(foto: Ypsilanti Marriott/Flickr)
(foto: Ypsilanti Marriott/Flickr)

Marriott

Usando o programa de fidelidade para acumular pontos, a partir de 3 mil, é possível usar totalmente ou parte dos pontos acumulados para se hospedar. Quanto maior o valor da diária, mais pontos serão utilizados. Compensa principalmente se for para o exterior levando em conta que a empresa é americana. No Brasil, não dispõe de tantos hotéis da mesma qualidade. 



*Estagiário sob supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade