Publicidade

Correio Braziliense VERÃO

Calor lusitano, confira as melhores praias de Portugal

A apenas alguns meses do início da estação mais quente do ano no continente europeu, que vai de junho a setembro, turistas de todo o mundo começam a planejar a viagem em busca do tão esperado sol


postado em 05/04/2018 15:43 / atualizado em 09/04/2018 15:05

(foto: Rui Pedro Vieira/Flickr)
(foto: Rui Pedro Vieira/Flickr)


Um dos roteiros favoritos dos brasileiros tem sido o litoral português. Sim, o país europeu vai além de suas cidades históricas, vinhos e ruas pavimentadas de paralelepípedos. Portugal tem sua história atrelada ao oceano e às grandes navegações. O litoral é marcado pelo mar turquesa e emoldurado pelas falésias, impressionantes formações rochosas desgastadas pela água. Soma-se isso a extensos areais, grutas e piscinas naturais e temos um convidativo cartão-postal português.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística de Portugal (INE), no ano passado 869 mil turistas brasileiros visitaram o país. O número representa um aumento de 39% em relação a 2016. Os visitantes, que antes se concentravam no centro do país, marcaram presença na região litorânea do Algarve (58%) e também nos Açores (141%). Foi um recorde em número de visitações, segundo o governo português. Se você pretende aproveitar o verão europeu, organize a sua viagem, pois a estação começa em 21 de junho.

(foto: Bianca Vieira/Arquivo Pessoal)
(foto: Bianca Vieira/Arquivo Pessoal)


As praias são mais planas no Algarve

A socióloga Bianca Vieira, 29, visitou Portugal no início do ano passado e ficou encantada com a experiência. “O primeiro contato que tive com o mar de Portugal foi em Porto. Foi uma experiência muito bacana, apesar de o mar ser muito gelado mesmo no verão. Fiz um percurso de campismo por quase todo o Algarve. Depois percorremos outro trajeto até a região do Alentejo. Foi sensacional, partimos de Porto numa pequena viagem de ônibus até a Albufeira que durou seis horas. Acampamos lá por um dia e pudemos aproveitar a vida noturna, que é bastante intensa.

Depois seguimos para Lagos, que é um lugar incrível com muita história para contar. Para mim, foi muito especial, pois sou pesquisadora e minha pesquisa tem a ver com o colonialismo português. Também passamos pela praia da Marinha, que tem uma paisagem lindíssima. No Algarve as praias são mais planas, têm uma muralha gigante de rochas ao redor, que formam um belíssimo espelho d’água durante o pôr do sol. Também tem muitas gaivotas, típicas do litoral português. 

(foto: Bianca Vieira/Arquivo Pessoal)
(foto: Bianca Vieira/Arquivo Pessoal)

Quando visitei Lisboa fui para Cascais e Sintra, o trajeto pode ser feito de trem e de ônibus. Cascais fica na foz do Rio Tejo, tem uma parada que se chama Boca do Inferno, que vale uma visita. O centro de Cascais também é muito legal. Já Sintra é a cidade dos castelos, parece que você está na idade medieval, lindíssimo.

Minha dica é: use e abuse dos campings, são uma alternativa excelente para quem não tem muito dinheiro. Em geral a estrutura é muito boa. Também indico que alugue-se um carro. Vale muito a pena e é muito barato, além de proporcionar passeios incríveis. Comprar mantimentos em supermercados é uma outra alternativa para baratear a viagem.”

 

Campeãs entre as 100 mais belas

 

 Lar de praias premiadas — em 2013 a praia Dona Ana, no Algarve, foi eleita a melhor praia do mundo pela revista espanhola Condé Nast Traveller — , o litoral lusitano encanta os brasileiros. A Praia da Marinha estrelou o ranking das 100 praias mais belas do mundo pelo Guia Michelin. Descubra alguns dos melhores destinos à beira-mar em Portugal.


Praia da Marinha

(foto: Apolinário Pancinha/Flickr)
(foto: Apolinário Pancinha/Flickr)


Rodeada por uma enorme falésia, a Praia da Marinha é uma das mais belas praias do Algarve. Próximo de Lagoa, entre Armação de Pêra e o Carvoeiro, o acesso a essa praia só é possível com o auxílio de um automóvel. Talvez por esse motivo o fluxo de turistas seja menor apesar da praia ser citada em quase todos os guias de viagens.

A chegada à praia conta com uma descida íngreme que proporciona uma vista incrível do local, inclusive é possível apreciar uma formação rochosa em particular que lembra a letra M. Além dessa descida tradicional existe também uma trilha que irá te levar por mais algumas paisagens inesquecíveis.

O mar é calmo e a água clara, tornando-se ideal para prática do snorkeling, que é uma espécie de mergulho em águas rasas para observar criaturas marinhas. De lá também é possível realizar uma pequena viagem de barco para visitar as muitas grutas nos arredores do litoral de Lagoa.

Marinha possui também uma estrutura de restaurantes e banheiros, preparados para receber turistas.


Praia da Comporta

(foto: Ziggy Szot/Flickr)
(foto: Ziggy Szot/Flickr)


Praia mais badalada do verão europeu. Há quem diga que a Praia da Comporta poderia facilmente pertencer ao Caribe. Os tons claros da areia e o azul do mar trazem à memória as águas da Riviera Maya, não fosse pela temperatura, vários graus mais baixa. Há 1 hora e meia de Lisboa, a praia é de fácil acesso, ideal para quem busca luxo e elegância. 

Um ponto que merece ser comentado é a megaestrutura de bares, cafés, redários, espreguiçadeiras, hotéis e restaurantes que circulam a Comporta.

Praia da Bordeira ou Carrapateira

(foto: Csaba&Bea @ Our Wanders/Flickr)
(foto: Csaba&Bea @ Our Wanders/Flickr)
 

 

Próxima à Vila da Carrapateira, situada no Algarve, se encontra a Praia da Bordeira, onde banhistas e surfistas se encontram. Com uma extensa faixa de areia, que se torna ainda maior na maré baixa, e lagos que costumam se formar próximos ao mar, a praia costuma ser um refúgio para quem procura tranquilidade. As ondas também são propícias para os praticantes de surf e bodyboard. A praia conta com serviço de vigilância, bar, restaurante e estacionamento.

 

Praia Grande

(foto: Paulo Jorge/Flickr)
(foto: Paulo Jorge/Flickr)

 

Uma das praias mais visitadas da pitoresca Vila de Sintra, Praia Grande é um prestigiado ponto para a prática de esportes aquáticos, como o surf e o bodyboard. Uma extensa área de areia permite que as ondas percam a força ao chegar à beira da praia, possibilitando assim banhos tranquilos e também esportes radicais.

Praia Grande é badalada e bastante frequentada por jovens, sendo assim, tem uma boa estrutura para a recepção de turistas. Bares, restaurantes, sanitários, duchas e acessibilidade para portadores de necessidades especiais.

Outro ponto interessante são as pegadas de dinossauros marcadas nos rochedos próximos à praia. As pegadas datam o período Cretácico e podem ser observadas pelo acesso sul do litoral.

Praia do Camilo

(foto: Florent Dartora/Flickr )
(foto: Florent Dartora/Flickr )

 

No Algarve fica a Praia do Camilo, pertencente à Costa D’Oiro, assim chamada pela cor dourada das rochas. O mar rodeado de falésias é tão calmo que lembra uma grande piscina de água salgada. A praia pode ser considerada pequena, e o acesso é relativamente fácil. Existe uma escadaria de madeira no topo que conduz os turistas até a praia, propiciando uma vista incrível.

A praia do Camilo consiste na verdade em duas praias, interligadas por um túnel artificial. Muito próximo ao local, é possível conhecer também a Ponta da Piedade, uma formação rochosa cheia de grutas que podem ser visitadas com passeio de barco. A estrutura da praia é boa, conta com restaurante e estacionamento, apesar de menos luxuosos que suas vizinhas.

Praia Dona Ana

(foto: Luis Romba/Flickr)
(foto: Luis Romba/Flickr)

 

Praia mais exótica da região de Algarve, a Dona Ana fica a apenas uma caminhada do centro de Lagos. O caminho pode ser feito de ônibus, carro ou caminhando por entre as praias da Costa D’Oiro.

Interligadas em sua maioria por túneis, a quarta praia da costa é a Dona Ana. Histórias contam que o nome “Dona Ana” foi dado em homenagem a uma freira com o mesmo nome. Segundo a história, Ana foi a única sobrevivente de um ataque ao convento de Lagos durante a primeira guerra mundial. Ela teria escapado fugindo por um túnel que levava até a praia.

Eleita a melhor praia do mundo, Dona Ana tem águas tranquilas, mar que varia em tons turquesa e um convidativo areal dourado.

Praia da Adraga

(foto: iKayd/Flickr)
(foto: iKayd/Flickr)


Também em Sintra, Adraga pertence ao Parque Natural de Sintra-Cascais, sendo uma das praias mais populares entre os banhistas. Ela tem um extenso areal, ideal para caminhadas e esportes. Neste local a pesca é permitida.

Como se todo esse cenário não bastasse, você pode melhorar a vista subindo na pedra do Alvidrar. A rocha escorregadia desliza pela falésia por cerca de 80 metros na vertical. Nos tempos antigos os jovens caminhavam pelo Alvidrar como uma forma de provar sua valentia, hoje ela é usada como uma espécie de mirante. Ainda nas falésias existe o Fojo, um imenso buraco nas rochas que dá para o mar. Sua profundidade costuma gerar curiosidade e atrair turistas.

Praia das Maçãs

(foto: Lugares a Descubrir/Flickr)
(foto: Lugares a Descubrir/Flickr)


Nomeada em homenagem ao Rio das Maçãs, que tem sua foz próxima ao mar, a Praia das Maçãs fica em Sintra. Bastante popular e procurada por surfistas em decorrência da forte correnteza, a praia tem areias douradas, diferentes das da maioria do litoral português. Ao lado da praia existe um pequeno lago salgado e também um espaço para piquenique, que pode ser uma boa opção para quem vai com crianças.

Acessível para portadores de necessidades especiais, a entrada na praia se dá por uma passarela de madeira. Também há serviço de aluguel de toldos, bares, restaurantes e estacionamento.

Praia da Armação de Pêra

(foto: Hans Pohl Seguir/Flickr)
(foto: Hans Pohl Seguir/Flickr)


Uma das mais conhecidas do Algarve, rodeada de dunas, falésias, diferentes tipos de vegetação e aves, a Praia da Armação de Pêra é como uma enseada que se abre ao mar. O nome da praia deriva do aparelho de pesca utilizado pelos pescadores da região, chamado “armação”.

O areal se estende pela costa onde se multiplicam vários restaurantes, bares e lojas. Além disso, o local também é adaptado para pessoas com mobilidade reduzida.

Praia do Portinho da Arrábida

(foto: PROVitor Junqueira/Flickr)
(foto: PROVitor Junqueira/Flickr)


Há uma curta distância de Lisboa, a Praia do Portinho fica no Parque Natural da Serra da Arrábida. Cercada pela Serra, a praia tem areias brancas e mar transparente que formam um belíssimo cenário. Descrita como tranquila e convidativa, a praia permite atividades de mergulho, mas proíbe a pesca por se tratar de uma área protegida. Além dos encantos praianos de Portinho, o parque em si também merece atenção. Considerado uma relíquia científica mundial, o parque abriga um dos poucos exemplos de floresta mediterrânea no mundo.

 

*Estagiária sob supervisão de Taís Braga  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade