Publicidade

Correio Braziliense NORDESTE

No litoral baiano, as belezas naturais guardam a história do Brasil

Na Praia do Forte, o Castelo Garcia D'Ávila é a origem da antiga vila de pescadores que iniciou o desenvolvimento da região: uma viagem ao passado


postado em 01/06/2018 10:00

(foto: Rita Barreto/Divulgação)
(foto: Rita Barreto/Divulgação)


A Bahia possui incontáveis atrativos em seu território, um deles pode ser descrito como um tesouro antigo, extremamente charmoso e acolhedor: a Praia do Forte. A 55 quilômetros do aeroporto do Salvador, a região é repleta de detalhes pertencentes a época do Brasil colônia, que se misturam com um cenário paradisíaco. A região é uma opção de destino turístico, ideal para quem quer viajar, conhecer a história, ao mesmo tempo em que desfruta dos prazeres do litoral baiano.

Um pequeno vilarejo de pescadores deu origem a região, que segundo a história, teria se formado ao redor da fortaleza de Garcia d’Ávila, um fidalgo que teria construído no século XVI um forte para proteger o local. Com o tempo, as famílias se instalaram e cuidaram da região, principalmente das mudas de coco que foram trazidas pelos portugueses e que, hoje, tomam conta de todo o local.

Uma das principais atrações turísticas da Praia do Forte é o Castelo Garcia D’Ávila, primeira fortificação portuguesa militar e residencial do Brasil. Ela foi construída com o objetivo de armazenar mercadorias que chegavam pelo mar e que depois eram levadas para a capital baiana. Hoje em ruínas, o Castelo oferece aos visitantes uma bela vista para o mar. É o único castelo em estilo medieval construído no continente americano.

Em frente à praia do Porto, que marca o centro do vilarejo, outro ponto bastante visitado é a capela de São Francisco. Com uma estrutura singela, construída pelos pescadores em 1900, ela abriga imagens antigas de santos, como São Francisco de Assis e Nossa Senhora da Conceição. O local é disputado para a celebração de casamentos dos moradores e também de visitantes.

 

Preservação 

 

Com sorte, no tempo da desova o turista pode ver o nascimento das tartarugas e a caminhada delas até o mar(foto: Tamar/Reprodução)
Com sorte, no tempo da desova o turista pode ver o nascimento das tartarugas e a caminhada delas até o mar (foto: Tamar/Reprodução)


Uma das grandes preocupações dos moradores da região da praia do Forte é a preservação do meio ambiente, o que se reflete nas placas espalhadas por todo o vilarejo, que pedem respeito a natureza. O mesmo tipo de cuidado é visto no Projeto Tamar, localizado na região desde 1982. O espaço ocupa o entorno do farol Garcia D’Ávila — 10 mil metros quadrados — que foram cedidos pela Marinha brasileira. Tartarugas imensas e arraias são alguns dos animais que podem ser vistos bem de perto pelos visitantes no museu, que é um dos mais frequentados do país, e atende cerca de 600 mil pessoas anualmente, de acordo com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Além de aprender mais sobre a vida das espécies marinhas que habitam a região, em programas voltados para as crianças, principalmente, o visitante que conhece o projeto de proteção as tartarugas vai presenciar a alimentação dos animais, e caso tenha sorte, pode ver o momento da desova delas, quando os filhotes quebram seus ovos e seguem em direção ao mar. O Tamar também oferece opções noturnas aos seus visitantes, com uma programação de shows artísticos, que ocorrem todos os sábados, no evento Serenata no Tamar, uma opção de lazer para quem visita a Praia do Forte.

 

Várias opções em um mesmo lugar 

 

A poucos minutos da vila, o resort é uma boa pedida para quem quer apenas relaxar(foto: Iberostar/Divulgação)
A poucos minutos da vila, o resort é uma boa pedida para quem quer apenas relaxar (foto: Iberostar/Divulgação)


Para se hospedar na região, o visitante pode optar por pousadas localizadas dentro do vilarejo, que contam com preços mais baixos, mas para quem quer mais conforto os resorts são a melhor pedida. Localizados a poucos minutos da vila, eles proporcionam várias opções de lazer para quem se hospeda seja sozinho ou com toda a família.

Um dos resorts da região é o Iberostar,  com duas opções para seus visitantes: Iberostar Praia do Forte e IberoStar Bahia: ambos 5 estrelas. Trabalhando no sistema all inclusive, os dois hotéis têm incluídos no valor da diária todas as despesas com alimentação, bebidas, taxas e gorjetas. Além dos serviços básicos, eventos para animar a família, como shows noturnos e atividades recreativas, programação específica para feriados, fazem parte dos pacotes oferecidos aos hóspedes. “Temos uma taxa alta de visitantes que retornam ao nosso hotel, por isso buscamos surpreender o cliente a cada vez que ele nos visita. Sempre criamos programações especiais para datas festivas, como o carnaval, por exemplo, e até criamos opções que fogem ao calendário como jantares, já fizemos um com tema mil e uma noites durante a comemoração do Ano-novo, por exemplo, e já recebemos shows como do cantor Roberto Carlos”, explicou ao Correio Ramón Girón, Diretor do Iberostar Praia do Forte.

O Iberostar Praia do Forte possui um custo diferenciado por incluir opções extras para o hóspede, como um cafeteria, um número maior de restaurantes (oito) além de dar completo acesso aos dois hotéis. “Possuímos várias opções de preço, para que o cliente possa escolher o que melhor combina para ele, mas todos os serviços são de extrema qualidade”, complementou o diretor.

A rede Iberostar também oferece um SPA, com massagens e tratamentos de beleza, além de espaços com atividades voltadas para crianças. O ambiente do hotel se encaixa ao cenário da região baiana. Suas piscinas, bares e restaurantes especializados, que oferecem desde a culinária local até a francesa, são envoltas em uma estrutura repleta de água e de árvores, que criam um ambiente completamente fresco, proporcionando uma sensação relaxante aos hóspedes. “Temos esse cuidado porque queremos que o visitante se sinta acolhido, que ele conheça a Bahia, e que saiba mais sobre a região. Notamos que além dos brasileiros muitos argentinos têm vindo a hotel e ficamos muito felizes com isso”, destacou Girón.

* A repórter foi convidada pela rede IberoStar Hotel

Serviço

O que visitar

Castelo Garcia D’Ávila

Rua do Castelo, s/n - Praia do Forte, 
Mata de São João - BA
Aberto diariamente
Telefone: (71) 3676-1133

Projeto Tamar 
Praia do Forte, Avenida Farol Garcia D’Ávila
Telefone: (71) 3676-0321/ 98127-2010
Aberto diariamente, das 08:30 às 17:30.
Ingresso — R$ 24,00

Onde ficar
Iberostar Praia do Forte

Telefone: 71-3676-4300, de segunda a sexta (08:30 to 17:30) e sábado (08:30 to 12:00)
www.iberostar.com/pt

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade