Publicidade

Correio Braziliense

Na casa da matrioska: Airbnb se prepara para hospedar latinos na Rússia


postado em 23/06/2018 10:00 / atualizado em 20/06/2018 16:07

(foto: Crédito: Sergei Rasputenko/Divulgação.)
(foto: Crédito: Sergei Rasputenko/Divulgação.)


De 14 deste mês a 15 de julho, milhares de hóspedes vão fazer check-in em imóveis reservados via Airbnb, em vários bairros por toda a Rússia. A expectativa da plataforma é de que perto de 177 mil viajantes se hospedem nos imóveis durante o período da Copa. Levantamento feito pelo Airbnb mostra que metade dos 10 principais países de origem dos viajantes fica na América Latina: México (em 2º lugar, atrás dos Estados Unidos), seguido pela Colômbia, Argentina, Austrália e Brasil.

“Sabemos que a América Latina é apaixonada pelo futebol, portanto, não é uma grande surpresa ver que os torcedores da região estão dispostos a fazer uma viagem tão longa para apoiar sua seleção, participar do clima de festa e ter a chance de testemunhar um momento histórico”, diz Jordi Torres Mallol, diretor-regional do Airbnb para a América Latina.

Como os jogos serão disputados em 11 cidades, a programação de deslocamento deve ser feita com antecedência. Ter uma rede de amigos on-line como fonte de informação ajuda bastante. “Busque relatos de pessoas que já estiveram no local e informações em blogs de viagens sobre os transportes públicos, táxis e locação de veículos”, afirma o executivo.


Com os serviços on-line, é possível efetuar a hospedagem  e encontrar apartamentos, hotéis, hostels, um quarto inteiro ou até compartilhado. “O ideal é que o viajante encontre a acomodação perfeita para seu gosto e orçamento. Para quem vai embarcar  pela primeira vez, anote o nome e endereço do hotel, em alfabeto russo, e o seu número de telefone”, aconselha Mário.


Rumo ao hexa

O Brasil é uma das melhores seleções da história do Campeonato Mundial de Futebol, tendo conquistado cinco títulos e marcado mais gols do que os outros participantes (210 no total). É por isso que os fãs brasileiros não querem perder a chance de ver a Seleção Canarinho em ação na Rússia:

Mais de 5 mil 
hóspedes indo para a Rússia

5 noites 
é tempo médio de hospedagem

Top três estados de origem
Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro

Top três destinos 
Moscou, São Petersburgo e Rostov do Don

 

 

Fique ligado 

 

Cidadania 
Em caso de cidadanias brasileira e russa, a embaixada do Brasil em Moscou diz que em nenhuma hipótese deve ser utilizado o passaporte brasileiro para entrar na Rússia. Caso tenha outra nacionalidade, é preferível usar o pasaporte brasileiro, por não precisar do visto.

Clima 
No verão, o dia amanhece às 4h e anoitece às 22h. Nessa época, é recomendado levar roupas leves, sem se esquecer de levar um agasalho na mala, já que chuvas por lá são recorrentes nesses meses e contribuem para despencar a temperatura, indo de 40 graus para 14 graus rapidamente.

Idioma 
O idioma oficial é o russo e, para facilitar sua estada no país, é recomendado que estude palavras e frases que serão úteis durante sua visita.

Passaporte e visto 

O brasileiro não precisa do visto, mas é obrigado a emitir o Fan ID, se for assistir aos jogos da Copa.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade