Publicidade

Correio Braziliense

Expansão de Resort cearense promete mais comodidade aos turistas

Os investimentos previstos pelo grupo responsável pelo complexo hoteleiro do Beach Park chegarão à casa dos R$ 1.6 bilhão


postado em 13/07/2018 10:00 / atualizado em 12/07/2018 13:26



O complexo hoteleiro do Beach Park anunciou investimentos de R$ 1,6 bilhão em um projeto de expansão, que conta com o apoio do Governo do Ceará e da Prefeitura de Aquiraz. O objetivo é aumentar o turismo cearense proporcionando o lazer e entretenimento aos visitantes e tornar o estado um destino para os brasileiros e estrangeiros.

O projeto tem a sustentabilidade como foco, desde a construção até o momento da experiência. A fauna e a flora aquática serão o grande destaque, pois haverá rios que percorrerão o novo resort, desaguando em um rio principal, maior e mais profundo, que será aberto para os clientes, onde poderão nadar e ter contato com os seres marinhos, interagindo com o ecossistema.

O plano foi estruturado em seis fases que serão realizadas ao longo de 15 anos pela Stantec, uma empresa de arquitetura e urbanismo. Na primeira delas, está prevista a construção de um novo resort com 450 apartamentos e de um parque, com um investimento inicial de R$ 250 milhões: tudo isso para fomentar e inspirar a valorização da cultura cearense e na relação com a natureza.

O diretor-executivo do Beach Park, Murilo Paschoal, explicou que decidiu manter a aposta no estado, apesar das propostas feitas por outros lugares do Brasil, devido ao sucesso conquistado pelo empreendimento nos últimos anos, ao apoio do governo e ao potencial turístico. “É um projeto muito trabalhado e muito sonhado, e que acreditamos que será um sucesso.”

A uma distância de 3,5 km do Beach Park original, o novo complexo terá 2,3 mil apartamentos e dois novos parques temáticos. A previsão é de gerar 3,5 mil empregos diretos e 10,5 mil indiretos. O Beach Park é um dos grandes atrativos do estado — cerca de 55% dos turistas que visitam o estado têm o parque como destino —, segundo dados da empresa, e uma grande força para a economia local.

Localizado em Aquiraz, no Ceará, o negócio, que começou como um restaurante de praia, cresceu para se tornar um dos maiores parques aquáticos do mundo. Hoje, conta com quatro hotéis e resorts, além de restaurantes e lounges.

Gigante do Ceará 

 

 

Para quem quer se aventurar, um destino certo é o Beach Park, complexo turístico localizado a 26 km da capital, na Praia Porto das Dunas, no município de Aquiraz. Entre as principais atrações, o colossal toboágua Insano mede 41 metros, o que equivale a 14 andares, e nele é possível alcançar a velocidade de 105 km/h em três segundos. Os números assustam tanto que, quando subimos as escadas, conseguimos ver muitas pessoas descendo. A maioria desistiu. Mas não é para menos. Quando se chega ao topo da torre, as pernas dos corajosos chegam a tremer, e o instrutor anuncia: “É agora”. Na parte de baixo, uma televisão mostra todos esses momentos, e os curiosos ficam a postos para fotografar ou gravar os amigos e familiares.

E vem novidade por aí no parque. Neste ano, o Beach vai inaugurar a sua 19ª atração, o Vainkará, brinquedo de dar frio na barriga. O visitante precisará encarar uma altura de quase 25 metros, passando por duas rampas que fazem parte do trajeto. Em boias praticamente em posição vertical, sentirão uma emoção única, como se estivessem dropando na crista de uma onda. O suspense tem seu auge quando a primeira queda íngreme, bem escura, aparece e faz com que a boia encontre uma grande onda. Antes que o visitante possa tomar fôlego, já encontra uma segunda onda que deixa o brinquedo ainda mais radical.

Para passar um dia no Beach Park, o visitante precisa desembolsar R$ 215 na compra do ingresso infantil e R$ 225 no adulto. O passaporte para três dias custa R$ 350.

 

* Estagiários sob supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade