Publicidade

Correio Braziliense EXPERIÊNCIAS

Viagem de carro deve ter revisão para garantir segurança

Definir o trajeto é sempre a melhor parte da aventura, mas é preciso tomar cuidados para garantir a tranquilidade no caminho. A principal providência é checar as condições do automóvel


postado em 30/08/2018 10:00 / atualizado em 29/08/2018 15:24

 

Homero Almeida (D) gosta da companhia dos amigos, aproveita a comodidade de locomoção e economiza(foto: Arquivo pessoal )
Homero Almeida (D) gosta da companhia dos amigos, aproveita a comodidade de locomoção e economiza (foto: Arquivo pessoal )


O administrador de empresas Homero Almeida, 29, também gosta de pegar a estrada. Em sua última viagem, ele convidou um grupo de amigos e partiu para São Paulo. Sobre as quatro rodas, realizou o trajeto Brasília, Belo Horizonte, São Paulo e voltou direto para a capital. “Eu amo viajar para aproveitar as paisagens e o que aparece no caminho”, justifica. Além disso, explica que viajar com o automóvel traz mais comodidade para se locomover no destino, e o custo em relação ao avião também é levado em consideração. “Além de ser uma viagem mais gostosa, temos a facilidade de sair sem depender de serviços de táxi, e pra mim e para meus amigos, isso acaba ficando mais barato”, esclarece Homero.

Para o jovem, o ideal é organizar a viagem com antecedência para não ocorrer nenhuma surpresa no caminho.“Gosto de programar ao menos com um mês de antecedência. É importante ver a questão do dinheiro e o tempo disponível de cada um para a viagem, assim evita a correria”, destaca.

Depois de tudo organizado, os cuidados com o carro devem ser imprescindíveis.  Evitar ficar no meio do nada ou ter que parar no meio do caminho é um transtorno que os viajantes devem estar de olho. Para isso não acontecer, o mecânico Pedro Fortes salienta a importância de checar o automóvel. “Quem vai fazer uma viagem longa, o ideal é realizar uma revisão completa, não a periódica, como muitos fazem e acabam ficando pelo caminho”, alerta.

“O motorista não pode olhar apenas uma coisa simples como uma troca de óleo, isso deve ser feito somente para uso urbano”, justifica . Pedro dá dicas importantes para quem vai viajar. “Ficar atento ao arrefecimento, olhar a água com antecedência é o mais seguro, nunca deixar para a última hora”, salienta o mecânico. “Verificar a peça corpo de borboleta, levar itens reservas como lâmpadas dos faróis e palhetas de parabrisa. Olhar pastilhas de freio é importante, pois o fluido aquece e precisa repor, não esquecer  dos filtros do ar-condicionado também é imprescindível”. Essas são outras dicas valiosas que Pedro faz questão de lembrar aos leitores e viajantes.

A medida preventiva mais indicada é realizar a vistoria completa, independentemente do modelo de carro, ainda que pareça simples, é comum as pessoas saírem sem tais procedimentos. “Já vi muitas histórias de alguns clientes arrependidos de não realizarem os procedimentos e se arrependerem depois”. E para não ser um desses, o Correio listou seis rodovias para você se aventurar.

Muitos Caminhos

Algumas estradas, independentemente do movimento, se destacam pelo Brasil. Conheça aquelas que podem fazer você sair com seu carro e aproveitar o trajeto com visões exuberantes.

Serra do Rio do Rastro (SC-438) 
Santa Catarina     

(foto: Taís Braga/CB/D.A Press)
(foto: Taís Braga/CB/D.A Press)

 

Considerada um dos caminhos mais bonitos do Brasil, a Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina possui uma distância relativamente curta — 15km de estrada, com 284 curvas entre as cidades de Bom Jardim da Serra e Lauro Muller. O trajeto faz a ligação entre o litoral e os municípios da Serra Catarinense, sendo toda a rodovia cercada pela Mata Atlântica. O tráfego de caminhões pesados é proibido nesse perímetro.

Rota Romântica (BR-116 e RS-235) 
Rio Grande do Sul   

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

 

Já vale cruzar a rodovia somente pelo nome. Localizada entre a Planície do Vale do Sinos e o Planalto da Serra Gaúcha, a 40km da capital, Porto Alegre, o trajeto revela os encantos da cultura alemã, com muitas flores e jardins bem cuidados. O clima europeu é um convite para esticar as pernas e aproveitar ainda mais a viagem, além de um belo cenário para fotos.

Chapada Diamantina (BR-242) 
Bahia   

(foto: Luana Bianquini/ Flick)
(foto: Luana Bianquini/ Flick)

 

Famosa por ser um dos cartões postais da Bahia, a Chapada Diamantina revela a beleza e a história pelas paisagens descritas por Guimarães Rosa em Grande Sertão: Veredas. A estrada Milton Santos estende-se por grande parte do estado, mais especificamente entre os municípios de Conceição do Almeida, Sapeaçu e Castro Alves.

Maceió/Maragogi (AL-101) 
Alagoas  
  

(foto: Leo Caldas/Divulgação)
(foto: Leo Caldas/Divulgação)

 

Reunir viagem com praia é uma arte, combinação perfeita para quem ama um clima lirorâneo. Viajar pela estrada que liga Alagoas a Pernambuco, passando por cidades praianas, é uma alegria para os olhos.  A rodovia percorre todo o litoral e encanta pelo trecho muito perto do mar, protegido pelo coqueiral.  Entre Camaragibe e Maragogi, são oito praias em 22km de orla.

Rodovia Rio-Santos (BR-101) 
São Paulo e Rio de Janeiro

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


Ligando duas das principais potências do país, a rodovia Rio Santos é uma das mais percorridas pelos motoristas. A estrada possui, em seu trajeto de asfalto, a vista para muitas montanhas, além do mar, em sua grande extensão. Com 457 km, circula pelas praias de  Boraceia, Juqueí, Ubatuba, Angra dos Reis, Ilha Bela e Paraty. O trânsito é intenso, mas vale a pena a experiência.

* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade