Publicidade

Correio Braziliense EXPERIÊNCIAS

Observação em berço explêndido, o birdwatching ensina sobre o ambiente

Em grupo ou individualmente, descobrir, conhecer e acompanhar esses pequenos animais é uma atividade relaxante, que desperta a consciência sobre a importância da preservação do meio ambiente


postado em 04/11/2018 10:00 / atualizado em 31/10/2018 17:17

(foto: Picasa/Flickr)
(foto: Picasa/Flickr)


O turismo com foco na observação de pássaros compreende um roteiro que abraça todo o país, de acordo com o Ministério do Turismo. O birdwatching atrai brasileiros e estrangeiros para mais de 50 destinos de ecoturismo no Brasil. Os destaques como a Amazônia, que detêm o título de maior floresta tropical do mundo e a mais rica em espécies de animais e vegetais, acaba tornando berço esplêndido da observação de aves nesse segmento. Não muito distante, Bonito, em Mato Grosso do Sul, oferece uma vasta quantidade de pássaros a serem observados na sua fauna. Em seguida, vem a Chapada dos Veadeiros, no coração de Goiás, com seu serrado que dispõe de uma quantidade para satisfazer os amantes do exercício.

A Chapada Diamantina é um dos roteiros preferidos dos observadores(foto: Carolina Pires/Esp. CB/D.A Press)
A Chapada Diamantina é um dos roteiros preferidos dos observadores (foto: Carolina Pires/Esp. CB/D.A Press)


A Serra do Roncador, rica na fauna e na flora brasileira, fica a 500 km de Cuiabá e entra na lista de destinos mais procurados desses apreciadores de pássaros. Já o Parque do Jalapão, em Tocantins, que consiste em um dos lugares mais bonitos do país graças às suas cores exuberantes e aos animais oferecidos pela região, garante um ótimo espaço para os turistas praticarem o hobby. Na Chapada Diamantina (BA), a prática é oferecida em pontos estratégicos há mais de 20 anos, enquanto que no Rio Grande do Sul há regiões que dispõem de grupos para integração; o Clube dos Observadores de Aves que realiza a prática desde 1974 é uma opção.

Como a prática no ecoturismo começou nos anos 1990, uma região ganhou destaque por ter um ponto estratégico para o turista observar os pássaros que voam sobre a região. Na cidade de Lençóis, na Chapada Diamantina, fica a Casa da Geleia, com uma vasta quantidade de classes que voam na região, como Marias-pretas, sabiás, tibirros rupestres e cardeais.

A Serra do Roncador está entre os destinos mais procurados(foto: Erico Mabellini/Flickr - 29/4/14 )
A Serra do Roncador está entre os destinos mais procurados (foto: Erico Mabellini/Flickr - 29/4/14 )

Pé ante pé


Observar pássaros exige paciência e alguns cuidados. Uma boa opção para quem deseja se iniciar no birdwatching pode ser associar-se a clubes de observadores de aves, até porque uma andorinha só não faz verão.

  • É necessário caminhar lentamente e em silêncio
  • Use trajes com cores discretas
  • Evite movimentos bruscos
  • Respeite uma distância mínima para que o animal não se sinta ameaçado
  • Use binóculos (preferencialmente 8 x 40 ou 10 x 40 – aumento entre 8 e 10 vezes e diâmetro das lentes em torno de 40 mm)
  • Vá com companhia, de preferência, de um guia de aves, e comecepelas aves à sua volta.

A visão de milhares

Conhecido como Maria-preta, o pássaro brasileiro atrai muita atenção(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
Conhecido como Maria-preta, o pássaro brasileiro atrai muita atenção (foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


No Brasil, a Avistar promove, desde 2006, um evento que reúne milhares de observadores  de pássaros de todo o país. Nele, os interessados debatem novos roteiros e também crescem em relação a novos clubes. Desde seu nascimento, a organização cresceu de 150 inscritos, em 2007, para 780 até 2013. O evento é realizado no Parque Villa Lobos na capital paulista. Segundo o Coordenador da Avistar, Guto Carvalho, a prática da observação de aves tem tido uma evolução significante perante a situação econômica do país. “Mesmo em tempos difíceis, a gente tem registrado um crescimento de cerca de 15% a 20% por ano”, acrescenta.

O turismo de observação tem destacado a importância do ecoturismo, pois um está ligado ao outro. “ Estabeleceu um novo segmento que tem uma característica de economia de rede baseada em reputação, baseada em compartilhamento de ideias de opiniões e indicações, estabeleceu nesse tempo todo um segmento de guias de observações de aves com autoconhecimento que tem promovido uma revolução de como se observa aves no Brasil”, complementa.

Encontrar um sabiá-laranjeira é um presente para os turistas observadores(foto: Jair Moreira/Wikipedia)
Encontrar um sabiá-laranjeira é um presente para os turistas observadores (foto: Jair Moreira/Wikipedia)

O birdwatching em si é uma atividade sustentável aberta para qualquer público desde crianças a idosos, em grupos ou individualmente. Segundo o Guia OnLine de Observação de Aves no Espírito Santo, a prática traz uma série de benefícios, como o desenvolvimento do turismo responsável, ligado à conservação da espécie em seu ambiente natural; o fomento da informação e educação ambiental com comunidade e turistas;  a coleta de dados científicos; a sensibilização para o desenvolvimento sustentável; a geração de renda e valores agregados para as comunidades locais e o incentivo dos setores hoteleiro e turístico. (AB)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade