Publicidade

Correio Braziliense BAHIA

Encontro das águas com o Oceano Atlântico que encanta os turistas

Por ar, por terra, pelo rio, em direção ao mar. Para chegar à Vila de Santo André, é preciso se aventurar enquanto se aprecia a paisagem. No fim da viagem, um prêmio: lá é o começo do mundo, onde o tempo corre deliciosamente devagar


postado em 29/11/2018 10:00 / atualizado em 28/11/2018 15:44

“O mar que brinca na areia
Está sempre a chamar
Agora eu sei que não posso faltar”


(Tom Jobim, As praias desertas)

(foto: Geovanna Alves/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Geovanna Alves/Esp. CB/D.A Press)
 
Sossegada e bucólica, a Vila de Santo André está a menos de 30km de Porto Seguro, na Bahia, mas parece estar isolada de qualquer lugar que seja movimentado. Localizada no distrito de Santa Cruz Cabrália, na rota da Costa dos Descobrimentos, a vila é uma enseada formada pelo encontro do Rio João de Tiba com o mar. O acesso é feito somente por balsas, o que aumenta a sensação de distanciamento da “vida real”.  As ruas de terra e a vegetação nativa da Mata Atlântica fazem parte do charme do lugar. Quem quer fugir da badalação e da vida noturna agitada vê Santo André como um oásis.

(foto: Costa Brasilis All Inclusive Resort & SPA/Divulgação)
(foto: Costa Brasilis All Inclusive Resort & SPA/Divulgação)

A maior atração do lugarejo são as belíssimas praias, são pouco mais de 12km de costa, quase desertas, emolduradas por denso coqueiral. O turista se sente como se tivesse acabado de descobrir uma enseada inexplorada. A caminhada pela orla é linda e fácil: não é necessário desviar de diversas espreguiçadeiras ou sombrinhas. As areias brancas são pontuadas aqui ou acolá por um pescador, alguns moradores ou turistas aventureiros. As barracas, porém, marcam presença na Praia da Ponta, com cadeirinhas de madeira e a movimentação alegre e simpática dos funcionários.

(foto: Mapio.net/Reprodução)
(foto: Mapio.net/Reprodução)

Quem está de carro em Santo André pode passear na Praia do Guaiú, a 14km da vila. As águas das praias da região nem sempre têm a coloração azul-clara, já que se misturam com as verde-escuras dos rios, mas são mansas e a temperatura é perfeita para se refrescar. O turista acostumado à profusão de serviços nas praias turísticas pode estranhar a estrutura acanhada à beira-mar.

Porém, o restaurante Maria Nilza é famoso no local e serve petiscos de frutos do mar, tira-gostos e a saborosa comida baiana, no melhor estilo pé na areia. É preciso ter paciência, já que o ritmo segue a atmosfera local, onde o tempo passa devagar. Aos mais famintos, recomenda-se levar lanchinhos ou mesmo as refeições, lembrando-se sempre de descartar nas lixeiras (ou mesmo levar até um local apropriado) a sujeira produzida, para manter o belo visual da natureza.

No centro da cidade, o clima tranquilo convida ao ócio. Os quitutes da cozinheira Nilza podem ser apreciados à beira-mar. São 12km de praias com águas mansas e mornas(foto: Geovanna Alves/Esp. CB/D.A Press)
No centro da cidade, o clima tranquilo convida ao ócio. Os quitutes da cozinheira Nilza podem ser apreciados à beira-mar. São 12km de praias com águas mansas e mornas (foto: Geovanna Alves/Esp. CB/D.A Press)

Apesar da calmaria de Santo André, algumas atividades dão uma movimentada no lugar, como o Festival da Lagosta, que ocorre todos os anos, no mês de novembro desde 2016. A região atrai os praticantes de pesca submarina e é considerada uma das melhores para a pesca oceânica do marlim azul, cuja temporada começa no verão. Um passeio de barco pelo rio João de Tiba é imperdível. Depois de um dia quente, pular no rio e nadar nas águas tranquilas pode ser muito divertido e renovador. Carlindo faz esse passeio por R$ 100 por pessoa. Para entrar em contato, fale no número (73) 99142-1004.

 Para saber mais

Casa dos campeões

Durante 35 dias, os jogadores da seleção alemã estiveram hospedados em Santo André, em julho de 2014. Os brasileiros certamente se lembram das reportagens que mostravam os atletas passeando na praia, ou se exercitando no Centro de Treinamento. O local de natureza deslumbrante, ambiente tranquilo e simples conquistou os estrangeiros, principalmente pelo carinho com que foram recebidos pelos moradores. Em retribuição, os jogadores fizeram generosas doações que contribuíram para a melhoria da vida da pequena população da vila. A equipe campeã da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, deixou o povoado definitivamente em agosto, quando seguiu para Minas Gerais — onde venceu a Seleção Brasileira — e para o Rio de Janeiro, onde conquistou a taça.

Programe-se

Como chegar
» O aeroporto mais próximo da vila é o de Porto Seguro. Dali, são 25km de carro pela rodovia 367 até Santa Cruz Cabrália, pela orla de Taperapuã. Chegando em Cabrália, deve-se pegar uma balsa para atravessar o rio João de Tiba e o carro também é levado na embarcação. A travessia leva 10 minutos. Aproveite para curtir o visual lindo, com a  Mata Atlântica acompanhando o curso do rio. A balsa parte a cada meia hora, saindo das duas margens e custa cerca de R$ 13 por veículo.

(foto: Costa Brasilis All Inclusive Resort & SPA/Divulgação)
(foto: Costa Brasilis All Inclusive Resort & SPA/Divulgação)

Onde ficar   


» Apesar do isolamento, o vilarejo oferece aconchegantes hotéis e pousadas, como o resort Costa Brasilis e a pousada Corsário. O resort all inclusive é localizado em meio à paradisíaca natureza da Costa do Descobrimento. Lá, os apartamentos são distribuídos em bangalôs e conjuntos de edificações temáticas: uma vila de pescadores, o Centro Histórico de Paraty e um Mosteiro, com azulejos pintados à mão. Ao se locomover entre um tema e outro, até mesmo o chão caminhado é alterado e pensado para que o hóspede realmente se sinta parte daquele mosteiro, casa colonial ou vila de pescadores. A decoração dos quartos, claro, segue o tema.

» De frente para uma bela praia, o resort é ideal para famílias que buscam uma viagem tranquila, sem precisar se preocupar ou planejar muito o que fazer durante o dia. Em seus 50 mil m² de área, o empreendimento oferece uma estrutura maravilhosa, com amplos jardins, piscinas, sauna, duas quadras de tênis, quadra poliesportiva, fitness center, salão de jogos, lounge, SPA Ruby, salão de beleza, kids club, bicicletário, brinquedoteca, gazebos e quatro restaurantes. As diárias, em baixa temporada, custam a partir de R$ 566,10.

» Já a pousada Corsário Vila de Santo André fica às margens do Rio João de Tiba. O aconchego é a palavra-chave para o local, que é ideal para passar dias de descanso em meio à natureza, mas sem deixar de lado o bom serviço dos funcionários e a excelente culinária da chef Mikie Iwakiri. São apenas 13 apartamentos extremamente confortáveis e com total privacidade. A vista do Pier Peso Pilar, nome dado em homenagem ao escritor Ernest Hemingway, é deslumbrante. Dependendo do dia, a cor da água do rio se confunde com a cor do mar. As diárias, em baixa temporada, custam a partir de R$ 158,94.

 

* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade