Publicidade

Correio Braziliense

Pesquisar para reduzir custos, aproveite o Carnaval com economia


postado em 14/02/2019 10:01 / atualizado em 14/02/2019 11:44

Bloquinhos pelas ruas do Rio de Janeiro: animação(foto: Vicente Nunes/CB/D.A Press - 23/1/16)
Bloquinhos pelas ruas do Rio de Janeiro: animação (foto: Vicente Nunes/CB/D.A Press - 23/1/16)

    
Faltando menos de um mês para o recesso de carnaval, muitos brasileiros procuram passar a temporada longe de casa. Em uma pesquisa feita pelo site Skyscanner, 53% dos viajantes buscam descansar em destinos onde há contato com a natureza. Outros 33%, querem o agito dos blocos de ruas e festas. O que se sabe é que neste período o valor das passagens tende a subir já que há muita procura. Em alguns casos, o trecho pode ficar 73% mais caro.

O estudante Rodrigo Mendonça, 21 anos, começou a se organizar sete meses antes da folia. O destino da vez será o Rio de Janeiro. “Vou com um grupo de 14 pessoas e decidimos alugar um apartamento porque fica mais em conta. Como fechamos os gastos mais cedo, facilitou para que eu me organizasse com o dinheiro”. A advogada, Rayanne Gobbi, 23, também passará o carnaval em terras cariocas. “O que mais chamou minha atenção na escolha foram os bloquinhos (gratuitos), por serem uma forma de curtir bem econômica, além de uma novidade para mim, que nunca aproveitei o carnaval dessa forma”. Por ter decidido o lugar três meses antes, precisou desembolsar valores mais altos em passagens e estadia. Agora ela terá que poupar usando o transporte público e controlando a alimentação.

Se vai tirar uns dias de folga e ainda não sabe para onde ir por conta do preço, o site Skyscanner selecionou 10 roteiros mais baratos que valem a pena ir no feriado. O valor dos bilhetes de ida e volta (Ver quadro) em classe econômica, no período de 1º a 5 de março, com saída do Aeroporto Internacional de Brasília. Aproveite.

 

 

Ainda dá tempo

(foto: Vicente Nunes/CB/D.A Press)
(foto: Vicente Nunes/CB/D.A Press)

 

  • Cuiabá     a partir de 663,00
  • Macapá     a partir de 665,00
  • São Paulo     a partir de 672,00
  • Goiânia     a partir de 672,00
  • Belo Horizonte     a partir de 697,00
  • Campo grande     a partir de 737,00
  • Porto Alegre     a partir de 769,00
  • Belém     a partir de 772,00
  • Curitiba     a partir de 835,00
  • Palmas     a partir de 866,00

* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade