Publicidade

Correio Braziliense

Ao sabor do vento, montes de areia que se movimentam com o soprar dos céus

Alguns lugares se tornaram famosos pelas grandes formações de dunas. No Brasil, as opções para desfrutar dessas belezas naturais são inúmeras


postado em 27/02/2019 20:00 / atualizado em 28/02/2019 11:22

Dunas em Jalapão - Tocantins(foto: Wikimedia Commons/ Reprodução )
Dunas em Jalapão - Tocantins (foto: Wikimedia Commons/ Reprodução )


“Com emoção ou sem emoção?” Normalmente essa pergunta é feita antes de bater o frio na barriga e o vento no rosto. Descer as ladeiras de areia, conhecidas como dunas, exige opções arrebatadoras. Seja de bugue, sandboard — prancha deslizante — esquibunda ou simplesmente só apreciar a paisagem, o passeio permite sensações únicas para quem decide embarcar nessa aventura.

O gerente comercial da agência Marazul, de Natal, Wendel Lopes, trabalha na área de turismo há 25 anos. Ele conta que é normal receber turistas em Genipabu, somente pela fama das dunas. “As pessoas voltam encantadas com as belezas naturais do estado. Nossa cidade é muito rica e as dunas compõem o pacote. É um trabalho extremamente prazeroso”.

Camila Figueiredo, servidora pública, 34 anos, escolheu Jericoacoara para a temporada de janeiro do ano passado. Para ela, o lugar paradisíaco conquistou seu coração e o do marido. “Jeri ganhou fama justamente por reunir atrações como dunas, prática de kitesurf e gente bonita. A escolha foi fácil. Adoramos o passeio pelas dunas porque além da adrenalina do bugue, se assemelha a de uma montanha-russa, o trajeto nos proporciona uma linda vista das belezas naturais do local, que tem diversas lagoas e praias muito bonitas”.

O geólogo e coordenador dos cursos de engenharia civil e ambiental da Universidade Católica de Brasília, Marcelo Resende, explica que as dunas são estruturas geológicas formadas pela ação do vento. “O vento transporta o material que chamamos de sílica — pequenos grãos de areia — onde ele perde sua força e gera um anteparo — estrutura que segura o vento — que faz com que ela cresça ao longo do tempo”. Ele ressalta que é importante diferenciar os ambientes. “Elas são geradas em ambiente desértico ou litorâneo. Este, às vezes, avançam o continente, àquele tem uma extensão de área enorme, por exemplo, o deserto do Saara”.

Algumas foram cenários de novelas, outras não são tão famosas. Tem as de areia branquinha como a cor da nuvem e as com diferentes tons de rosa. O gosto vai de acordo com o desejo de cada um.  Escolha uma delas, ou todas, e se deixe levar ao sabor do vento.

Jericoacoara - Ceará

Camila Figueiredo e o esposo nas dunas de Jericoacoara/CE(foto: Arquivo Pessoal)
Camila Figueiredo e o esposo nas dunas de Jericoacoara/CE (foto: Arquivo Pessoal)
 

A vila de pescadores tem conquistado cada vez mais turistas para as suas praias. No fim de tarde, a Duna do Pôr do Sol é um convite imperdível para ver o Sol mergulhando no mar. A mistura de cores entre amarelo e rosa fazem parte do espetáculo. A partir de julho, os dias quentes fazem morada no lugar. 

Genipabu - Rio Grande do Norte

Passeio de camelo nas dunas de Genipabu(foto: STRINGER/BRAZIL)
Passeio de camelo nas dunas de Genipabu (foto: STRINGER/BRAZIL)
 

É parada obrigatória para quem vai a Natal. No passeio, dá para escolher entre caminhar pelas dunas, ir de bugue ou dromedário, que tal? Se o Sol quente e o calor forem seus amigos, a temporada ideal é no final de novembro.  Uma praia e uma lagoa acompanham a diversão.

Lençóis Maranhenses - Maranhão

Lagoas em Lençóis Maranhenses(foto: Eduardo Tristão Girão/EM/D.A Press)
Lagoas em Lençóis Maranhenses (foto: Eduardo Tristão Girão/EM/D.A Press)
 

A imensidão de areia branca mesclada com os diversos tons de verde e azul da água se perde de vista no horizonte. O local se distribui pelos municípios de Barreirinhas, Primeira Cruz e Santo Amaro do Maranhão. Foi cenário de diversas novelas e filmes. A melhor época para visitar o local é a partir de junho quando as lagoas estão cheias da água da chuva.

Jalapão - Tocantins

Dunas em Jalapão - TO(foto: Wikimedia Commons)
Dunas em Jalapão - TO (foto: Wikimedia Commons)
 

O paraíso das águas cristalinas é território é protegido por ser uma unidade de conservação brasileira. O parque estadualtem acesso todos os dias, das 14h às 18h30. As dunas de cor amarelada lembram o deserto e são consideradas atração principal. Quem vai, não deixa de conferir as cachoeiras e cânions. Maio e setembro são os meses mais indicados para se aventurar por esta região.

Piaçabuçu - Alagoas

Dunas em Piaçabuçu - AL(foto: Kleber Lima/CB/D.A Press)
Dunas em Piaçabuçu - AL (foto: Kleber Lima/CB/D.A Press)
 

Divisa com o estado de Sergipe, faz o encontro da água doce do Rio São Francisco com a água salgada do mar. A areia de cor dourada, forma dunas de diferentes formas e tamanhos, que chegam a quase 40 metros de altura distribuídas em 21 quilômetros.

* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade