Publicidade

Correio Braziliense EXPERIÊNCIAS

Viagem ao reino de Game of Thrones

A oitava e última temporada da série mais assistida no mundo retorna às multitelas. Quando chegar ao fim, restará aos órfãos da saga o desejo de conhecer as cidades que ganharam vida na ficção


postado em 26/04/2019 10:00 / atualizado em 24/04/2019 12:22

(foto: Lucas Jackson/Reuters - 19/3/14 )
(foto: Lucas Jackson/Reuters - 19/3/14 )


Depois de dois anos, a espera chegou ao fim. Fãs da série Game of thrones acompanharam o segundo episódio da última temporada da saga épica mais amada e comentada do planeta. Deu para matar a saudade dos personagens que agora caminham, voam e navegam rumo ao sul do imaginário continente de Westeros, no desfecho final que definirá quem ocupará o trono real em King’s Landing (Porto Real).

Quem nunca sonhou em visitar as locações de GoT? A ferramenta de buscas Kayak lançou recentemente um recurso divertido, que permite buscar por cidades que abrigaram gravações da série, como Winterfell, King’s Landing e Oldtown, Pentos e Braavos. Listamos sete destinos para inspirar roteiros de viagem dignos do mundo idealizado por George R. R. Martin.


1. Dubrovnik – Croácia (Porto Real)

(foto: Wikipedia/Reprodução)
(foto: Wikipedia/Reprodução)
 
Dubrovnik, na Croácia, é um dos mais importantes destinos turísticos do Mar Adriático, que ganhou mais relevância após o bom desempenho do país no último Mundial de futebol. As origens da cidade remontam ao século 7, e até hoje ela preserva muito de sua história medieval. Por esses motivos — e por ser um importante porto — a cidade foi escolhida para representar Porto Real na série. Não deixe de visitar as muralhas da cidade antiga, aproveitar os bares espalhados no centro histórico, pegar o teleférico até o monte Srdj e passear de caiaque pela ilha Lokrum, onde foram filmadas as cenas em Qarth.


2. Ouarzazate – Marrocos (Pentos)

(foto: Tablinum Carlson/Flickr)
(foto: Tablinum Carlson/Flickr)

Capital da província homônima, Ouarzazate, no Marrocos, é uma pequena cidade onde foram filmadas cenas em Pentos, cidade em que Daenerys começou sua jornada. Apelidada de “Porta do Deserto”, fica no centro do país, entre montanhas. O clima é desértico e há boas opções de hotéis e restaurantes, além dos kasbahs — nome dado às cidadelas muradas construídas no norte da África com finalidades defensivas há muitos séculos. O acesso à cidade é feito principalmente por meio de voos (aviões ou helicópteros), ônibus ou carro a partir de Marrakesh, Casablanca ou Fez, as três principais cidades turísticas do país. Também há voos diretos saindo de capitais europeias, como Paris e Madri.


3. Castle Ward – Irlanda do Norte (Winterfell)

(foto: Wikipedia/Reprodução)
(foto: Wikipedia/Reprodução)
 
Diversos lugares turísticos da Irlanda do Norte foram palco de cenas da série. O mais famoso talvez seja Castle Ward, um castelo construído no século 16 no condado de Down como sede da família Ward, onde são feitas as filmagens de Winterfell na série. A arquitetura da estrutura atual remonta ao século 18. No castelo, aberto para visitação do público, é possível praticar arco e flecha e alugar roupas e armas inspiradas nas que foram utilizadas pelos personagens da série. Para chegar a Castle Ward, pegue ônibus, táxi ou carro a partir de Downpatrick ou de Belfast.


4. Islândia (cenas para além da Muralha) 

(foto: Klaus Lang/Flickr)
(foto: Klaus Lang/Flickr)
 
Diversos pontos da Islândia foram cenários de episódios da série — principalmente das cenas que se passam para além da Muralha, que precisavam de muito gelo para uma ambientação adequada. A solução? Gravar no Parque Nacional de Vatnajökull, que ocupa uma enorme área do país. Trata-se da maior massa de gelo da Islândia, com cavernas e glaciares que fazem a atmosfera parecer de outro planeta. Quem gostar de trilhas e escaladas pode visitar a geleira Svínafellsjökull, localizada no Parque Nacional Skaftafell, ao Sul de Vatnajökull, que também foi locação de cenas para além da Muralha. Trata-se de uma língua de gelo — uma linha de gelo que se projeta para fora da costa quando uma geleira se movimenta muito rapidamente.


5. Girona – Espanha (Braavos) 

(foto: Meino Mellink/Flickr)
(foto: Meino Mellink/Flickr)

Girona, a cerca de uma hora ao norte de Barcelona, na Espanha, foi representada por Braavos, cidade fictícia portuária para onde foi a personagem Arya, na sexta temporada da série. É uma típica cidadela medieval, com ruas pequenas e estreitas, arquitetura gótica, um centro histórico — de frente para o Rio Onyar — e a Rambla de la Llibertat, repleta de lojas e restaurantes típicos da região. Por fim, vale um passeio até a Basílica de Sant Feliu, uma igreja gótica cuja entrada tem um custo simbólico, que também dá acesso à catedral, onde são filmadas as cenas no Grande Septo de Baelor. Para chegar, a melhor pedida é pegar um trem ou carro alugado de Barcelona e fazer um bate e volta na cidade.


6. Almería – Espanha (Dorne) 

(foto: Sali/Flickr)
(foto: Sali/Flickr)
 
Almería é uma pequena cidade ao sul da Espanha que abriga a Alcazaba de Almería, um complexo fortificado considerado o maior construído pelos árabes na Espanha, que foi palco das cenas que se passam em Dorne, sede da Casa Martell na série. Em Almería, pode-se visitar o Parque Natural Cabo de Gata, praticar mergulho, visitar grutas e montar a cavalo, entre outros passeios. Para chegar, um caminho simples é pegar um trem ou ônibus a partir de Granada ou um ônibus em Madri.


7. Malta (Porto Real, Pentos) 

(foto: Visit Malta/Divulgação )
(foto: Visit Malta/Divulgação )
 
Malta reforçou a fama turística por emprestar à série seus lugares encantados. Mdina é uma das cidades muradas mais bem preservadas da Europa. Seu portão foi palco de cenas com Catelyn e Ned Stark na primeira temporada da saga. Na Piazza Mesquita, também em Mdina, Ned Stark foi atacado pelas tropas de Jaime Lannister. A Azure Window, na Ilha de Gozo, foi um antigo arco de pedra que caiu após uma tempestade em 2017, mas continua muito procurado por fãs da série por ter sido palco do casamento de Daenerys com Khal Drogo. Não deixe de visitar as praias das três ilhas — Malta, Gozo e Comino — e de visitar os mercados de artesanato e roupas da capital, Valletta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade