Publicidade

Correio Braziliense EXPERIÊNCIAS

Conheça os campos floridos no Brasil e em outros países

Campos floridos, muito verde e a sensação de viver em uma pintura imensa. A atividade econômica não é a única atração das plantações de flores, que se transformaram em pontos turísticos em vários países e no Brasil


postado em 02/05/2019 16:10 / atualizado em 02/05/2019 18:03

(foto: Juliana A. Saad Esp. CB/CB/D.A Press)
(foto: Juliana A. Saad Esp. CB/CB/D.A Press)


Da terra surge a vida, que desabrocha em cenários surpreendentes e atraem curiosos, admiradores, visitantes. Plantações em diversas regiões do mundo deixaram de ser apenas negócios e se transformaram em locais turísticos em cidades pelo mundo e no Brasil. Como viajar à Holanda e não visitar os campos de tulipas (foto acima)? Ou a região da Provence, na França, sem percorrer as plantações de lavanda, mergulhar numa espécie de nuvem lilás e sentir o aroma que se espalha com o vento?

Um estudo conduzido por 24 botânicos de 17 instituições, coordenado por Carmen Ulloa Ulloa, do Missouri Botanical Garden, incluindo a brasileira Rafaela Campostrini Forzza, do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ), e publicado em dezembro de 2017 na revista Science, identifica 124.993 espécies, 6.227 gêneros e 355 famílias de plantas existentes no território americano, o que corresponde a um terço das espécies de plantas vasculares conhecidas no mundo. Nas últimas duas décadas, a média de descobertas no continente é de 744 novas espécies por ano.

Dessas, 51 mil pertencem à América do Norte, 82 mil à América do Sul e as outras estão espalhadas nas Américas Central e Latina. O estudo prevê, ainda, uma quantia de 25 mil espécies em 2050. Não precisa ser especialista para se encantar com a beleza e as curiosidades de plantas. Nas cidades, nos jardins planejados, nos campos e matas com vegetação nativa e em plantações cultivadas por agricultores, é possível descobrir que além de movimentar a economia, recantos floridos estimulam o turismo e apaixonam os visitantes.

O Turismo selecionou alguns dos caminhos mais bonitos para percorrer no próximo roteiro de viagem.

Azul das pétalas


(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


Rota de destaque entre os apaixonados pela flora, Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul, mostra que as temperaturas amenas, que chegam a casa dos 21ºC no verão, constroem o ambiente perfeito para as flores. Conhecida como a Região das Hortênsias, um orgulho para o estado, grande parte do lugar recebeu influência alemã. De acordo com a história, o grande propulsor da atividade foi o imigrante Oscar Knorr, que teria sido a primeira pessoa a cultivar a planta. A prática se desenvolveu entre a população e o plantio ganhou as praças e jardins.

O município também é conhecido como Jardim da Serra Gaúcha, principalmente pelos tapetes de flores espalhados por todos os cantos. Quem visita a cidade não pode deixar de conhecer a Praça da República que se tornou Praça das Flores. Nela, há o labirinto verde em formato circular feito de cerca viva. As floriculturas são recheadas com mais de mil variedades de plantas ornamentais. Próximo à praça Theodor Amstad, o Pinheiro Multissecular recebe a atenção dos turistas, com seus 45 metros de altura e círculo equivalente a sete pessoas adultas de mãos dadas.


O doce aroma da lavanda

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


A 230 quilômetros de distância da capital paulista, Cunha é o município famoso por suas belas cachoeiras, pela grande produção de pinhão e por ter a maior frota de fuscas do Brasil. O local tem mais um atrativo: em seus campos, o lilás da lavanda compõe a paisagem que se assemelha às lavouras no sudeste da França. De acordo com o Ministério do Turismo (MTur), a cidade costuma receber cerca de três mil pessoas por semana para conhecer os lavandários.

Quem passa pela cidade tem duas opções de lugar para se conhecer as lavouras de lavanda. No passeio, é de praxe apreciar a paisagem, presenciar o pôr do sol e, de quebra, levar algum produto para casa feito com a especiaria.

Mar amarelo


(foto: Juliano Olejas/Prefeitura de Campo Novo do Parecis)
(foto: Juliano Olejas/Prefeitura de Campo Novo do Parecis)


Em Campo Novo do Parecis, município de Mato Grosso, os solos são férteis e famosos pela produção de milho, soja e algodão. Para a surpresa dos visitantes e bem-estar dos moradores, as terras são grandes produtoras de girassóis. O município é conhecido como o maior manufaturador da planta, correspondente a cerca de 75% da produção no país. Para quem quer conhecer o girassol em todo o seu esplendor amarelo, é preciso estar atento ao calendário. A florada só ocorre durante 10 dias no mês de maio. A visitação pode ser feita nas fazendas Sudoeste, Pirâmide e/ou Lorenzon, com agendamento prévio.


Cores africanas

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


O clima de deserto da África do Sul é quebrado pela região de Namaqualand, onde a principal atração turística é o tapete de flores silvestres coloridas. Na área do Cabo Setentrional, a 500km da Cidade do Cabo, é dividida pelo Rio Orange. O clima é seco, mas na primavera, de agosto a setembro, com as chuvas, as plantas desabrocham.

Calcula-se que existem 3.500 espécies de plantas, destas, 1 mil são encontradas apenas naquela região. As mais famosas são as margaridas e vygies, facilmente vistas no Parque Nacional, onde há grande quantidade de suculentas. É possível avistá-las na Reserva Natural de Goegap, próximo à cidade de Springbok, com cerca de 15.000 hectares. Lá, existem aproximadamente 600 variedades de flores.


Multicolorido do Brasil

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


Jardim do Brasil, assim é conhecido o pequeno município do estado de São Paulo com aproximadamente 15 mil habitantes. Holambra recebeu influência do povo holandês, com a cultura do cultivo, produção e venda de flores. Os ensinamentos geraram bons frutos e, hoje em dia, a rota é considerada a maior produtora de flores. Responsável por integrar parques, casas e jardins do país, além de ser um grande exportador para a América Latina.

Sua produção equivale a 50% do mercado florista no Brasil. Segundo o MTur, o município recebe, em média, um milhão de turistas por ano. Para se encantar com as plantações de flores, é preciso fazer o passeio com empresas de agência de turismo do município.

Como forma de dar as boas-vindas à estação mais florida da temporada, Holambra tem a maior exposição de flores e plantas da América Latina, com mais de 300 expositores do produto. O município oferece outras rotas turísticas para distrair a cabeça e fazer com que o visitante se encante ainda mais por este pequeno espaço colorido paulistano, como o Deck do Amor, na praça Vitória Régia, com área para contemplar a paisagem, se deliciar nos tradicionais restaurantes na rua Dória Vasconcelos e conhecer o Moinho dos Povos Unidos, visto como o maior da América Latina.

 

 

 Visite

 

 Cunha (SP)

Onde ir
Contemplário
» Rodovia Vice Prefeito Salvador Pacetti, KM 61,5
» Quinta à segunda-feira, 10h às 18h.
» https://contemplario.com.br/

Lavandário
» Estrada SP 171 (Guaratinguetá- Paraty), km 54,7
» Sexta-feira a domingo, 10h até o pôr do sol.
» Entrada: R$10
» https://lavandario.com.br/

Onde ficar
Pousada Vila Rica
» Rua José Arantes Filho, 87 - Vila Rica.
» www.pousadavilarica.com.br/

Latitude Lodge
» Rua Doutor Paulo Jarbas da Silva s/n
» www.latitudelodge.com.br/

Pousada Vale dos Sonhos
» Estrada Vicinal Bebiano dos Reais (Rodovia Cunha-Campos Novos).
» www.pousadavaledosonhos.com.br/


Holambra (SP)

Onde ir

Expoflora
» 30/8 à 29/9 - 9h às 19h
» www.expoflora.com.br/

Onde ficar
Holambra Garden Hotel
» Rua Rota dos Imigrantes, 620 - Centro
» www.holambragardenhotel.com/

Hotel e Pousada Oca
» Rua Campo de Pouso, 784 - Centro
» www.pousadaoca.com.br/

Villa de Holanda Parque Hotel
» Rodovia SP-107 Km 36,1, s/n
» http://srv178.teste.website/villade holanda~/parquehotel/


Campo Novo do Parecis (MT)

Onde ir

Fazendas de girassol
» Marcação para visitas nas fazendas de girassol
» carinastefanelo@hotmail.com

Onde ficar
Oriente Hotel
» Rua Paraíba, nº. 346 NE, Centro.
» www.orientehotel.com.br/

Hotel Marion Pallace
» Avenida Lions International, 151-NE - Jardim Alvorada.
» www.hoteismarion.com.br/hotel-marion-pallace/


Nova Petrópolis (RS)

Onde ficar

Hotel Jardins da Colina
» Rua Felipe Michaelsen, 162 - Vila Olinda
» www.hoteljardinsdacolina.com/

Pousada Janela do Vale
» RS 235km 15 - número 724 - Linha Araripe
» www.pousadajaneladovale.com.br/

Pousada da Chácara
» Rua da Cascata, 318 - Bairro Piá
» www.pousadadachacara.com.br/


Namaqualand - África do Sul

Onde ir
Namaqua National Park
» www.sanparks.org/parks/namaqua

Onde ficar
Kamieskroon Hotel
» Kamieskroon, 8241, África do Sul
» https://kamieskroonhotel.com/

Beach Flower Camp
» Namaqua National Park
» https://flowercamps.co.za/

Skilpad Flower Camp
» Namaqua National Park
» https://flowercamps.co.za/

 

 

* Estagiária sob a supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade