Publicidade

Correio Braziliense

Um doce passeio provando as delícias de Minas Gerais

Uma saborosa experiência pela Rota das Doceiras, em Lagoa Santa, município mineiro a cerca de 750 quilômetros da capital do país, oferece deliciosos quitutes, tranquilidade e muita beleza natural


postado em 08/06/2019 10:00 / atualizado em 05/06/2019 10:55

Casa Fernão Dias: história(foto: Wikipédia/Divulgação)
Casa Fernão Dias: história (foto: Wikipédia/Divulgação)


O turismo de experiência é tendência. No Brasil e no exterior é possível visitar vinícolas e conhecer o processo de fabricação de um vinho. A Tripness, agência mineira dedicada ao turismo social,  oferece roteiros com experiências inéditas e surpreendentes. E, muitas vezes, bem pertinho de você, que não fazia ideia dessas maravilhas que estão próximas a Brasília, pela BR-040. Um desses passeios é o Caminho Doce, que contempla a Rota das Doceiras em Lapinha, Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Um dia inteiro de descobertas, história, sabores e mineiridade.

Dá para aproveitar um fim de semana ou feriado prolongado. Além de conhecer o Parque do Sumidouro e almoçar num restaurante que funciona em uma fazenda da região, com a pura e típica gastronomia mineira, há um passeio pelas casas das doceiras, onde também funciona a fabrica de quitandas e compotas.


A programação começa às 8h com encontro na porta da agência. Em seguida, saída com destino à Lagoa Santa, cerca de 53 quilômetros da capital mineira. Entre as 9h30 e as 11h, é feito o tour gastronômico. Começa no Cafofo Café com Arte, onde os visitantes saboreiam quitutes deliciosos, broa, queimadinho de gengibre, pão de queijo — um pedacinho dos sabores ímpares de Minas Gerais. Na sequência, uma deliciosa experiência com Dona Adélia, onde os participantes vão conhecer todo o processo de fabricação do saboroso doce de leite mineiro. No mesmo espaço, os clientes visitam a loja de artesanato e poderão levar as peças produzidas como recordação dessa inesquecível experiência.

(foto: minasgerais.com.br)
(foto: minasgerais.com.br)

Das 11h às 14h, é o momento de explorar a belíssima região da estrada do Parque Estadual do Sumidouro. A vegetação é composta de mata de galeria, cerrado e vegetação rupícola. A flora é formada por espécies como ipê-amarelo, ipê-roxo, moreira, aroeirinha, jatobá-do-campo, gabiroba, manjoba, mutamba, faveiro, entre outras. Após a parada para explicações e fotos, dando continuação à programação, o passeio segue até a Casa Fernão Dias, em estilo barroco, que remonta ao século 18.


Entre as 14h e as 16h, um dos momentos mais deliciosos do dia: almoço regional e tipicamente mineiro no Restaurante Quintal da Lapinha. O visitante vai poder apreciar um saboroso frango com Ora-pro-nóbis feito em fogão à lenha. O passeio termina às 16h, com saída de Lagoa Santa. Contato: tripness.com.br.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade