Publicidade

Correio Braziliense

Pousada dos Pireneus amplia parque aquático, o maior de Pirenópolis


postado em 19/06/2019 04:20 / atualizado em 19/06/2019 16:10

Único resort da cidade, a Pousada dos Pirineus ampliou o parque aquático: toboágua maior e mais desafiador(foto: Renato Alves/CB/D.A Press)
Único resort da cidade, a Pousada dos Pirineus ampliou o parque aquático: toboágua maior e mais desafiador (foto: Renato Alves/CB/D.A Press)


Nem só de cachoeiras vive Pirenópolis. Único resort da cidade mais procurada pelos turistas brasilienses na região do Entorno, a Pousada dos Pireneus conta com o maior parque aquático mais próximo da capital federal. E ele foi ampliado com um segundo e mais desafiador toboágua e um enorme escorregador, inaugurados semana passada.

Ambos proporcionam experiências distintas a quem tem mais de 1,20m (altura mínima para desfrutar dos brinquedos). No escorregador, o hóspede desce em linha reta, em alta velocidade, deitado em um tapete. No toboágua, ele segue ziguezagueando em uma boia.

Completam o parque aquático da Pousada dos Pireneus duas piscinas: uma antiga — mas enorme, aquecida, com bar molhado e toboágua —, e outra nova, com água corrente para o banhista relaxar sobre uma boia, um balde gigante que despeja água sobre as crianças e brinquedos para elas se molharem à vontade. Todos os atrativos molhados da Pousada dos Pireneus têm uma vista privilegiada da cidade histórica, com destaque para a fachada da imponente Igreja Matriz, a mais antiga construção da Igreja Católica em Goiás.

Para o lazer dos hóspedes, o resort oferece também lago ornamental, lago para pesca, gazebo, redário, saunas, arvorismo, xadrez gigante, quadras esportivas e parque infantil. As crianças mais novas ainda podem se divertir na brinquedoteca, pensada para que elas fiquem sob a guarda de recreadores enquanto os pais se divertem ou relaxam.

O resort tem ainda bares em frente às piscinas, dois restaurantes, campo de futebol, salão de jogos, academia de ginástica, cavalos e pôneis para passeio, um  curral onde as crianças podem alimentar os animais e uma capela que segue o padrão do casario colonial da cidade. (RA)


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade