Publicidade

Correio Braziliense

O sossego a dois passos de Brasília

Com o Dia das Crianças comemorado no sábado, sem feriadão, uma boa opção de diversão está no entorno de Brasília, com poucas horas de viagem, muita opção de lazer e tranquilidade para os pais


postado em 11/10/2019 10:00 / atualizado em 09/10/2019 12:05

 

(foto: Vila Velluti/Divulgação)
(foto: Vila Velluti/Divulgação)


Quem nunca suspirou calculando quanto tempo falta para as férias? Ou para aquele feriado que parece não chegar? A ansiedade para se ver livre da rotina, mesmo que por uns diazinhos, aflige quase todos. Muita expectativa para voar ou rodar quilômetros para alcançar o merecido descanso. Entretanto, para o brasiliense, um pedacinho de paraíso pode ser encontrado a dois passos. Mais precisamente no Gama, com acesso direto pela BR 060, o hotel rural Vila Velluti é um verdadeiro oásis para quem busca paz.
(foto: Vila Velluti/Divulgação)
(foto: Vila Velluti/Divulgação)

Cercado por mata nativa, os 187 hectares de área da fazenda abrigam 154 unidades de hospedagem, sendo 147 suítes e 21 chalés, oito piscinas, spa, campo de futebol, estábulo, trilhas, as ofertas são inúmeras. Toda essa variedade chama mesmo a atenção, sobretudo, pela proximidade da capital. A apenas 50 quilômetros do centro de Brasília, a visita ao hotel é ideal para aquele circuito bate-volta de final de semana ou feriado.

Até onde a vista alcança, o cerrado verde e o azul do céu, panorama completo com o nascer do sol que fica frente aos chalés. Dentre as muitas acomodações, opções de luxo, com piscina aquecida privativa e hidromassagem. Versatilidade é o carro-chefe do Vila. Paulo Gontijo, proprietário do hotel acredita que este seja o diferencial que provém o sucesso. “Em regra, o insucesso é comum em hotéis rurais e ele é oriundo da pouca variedade de atendimento. Aqui, há opções de suítes standard e também os chalés para um público mais exigente”.
(foto: Erika Manhatys/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Erika Manhatys/Esp. CB/D.A Press)

Entretanto, mesmo com a oferta de serviços de luxo, vale lembrar que a rusticidade é elemento primeiro neste tipo de empreendimento. “Um problema que podemos enfrentar é que as pessoas vêm procurando um resort, mas aqui é um hotel rural. Há estas opções de conforto que normalmente não são encontradas em hotéis do gênero, mas isso não nos torna um resort, perderia a essência”, diz Paulo.


Inclusão

 

 

(foto: Erika Manhatys/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Erika Manhatys/Esp. CB/D.A Press)
 


Iniciado há 15 anos, o projeto do hotel sempre se preocupou com uma questão importantíssima, a inclusão social. As instalações foram pensadas a atender todos os públicos. Paulo, além de empreendedor, é arquiteto e a atenção com seu projeto foi ímpar. “Tenho um filho em cadeira de rodas e isso me norteou na questão de acessibilidade. Além do acesso às áreas de lazer, todas as trilhas no meio da mata foram adaptadas para o cadeirante”. Uma das piscinas, alimentada por uma fonte natural d’água, possui rampa para entrada com cadeira.

A preocupação estende-se ao meio ambiente, o hotel segue uma lista de ações de conservação. Mais de 70% de toda a área é composta por mata preservada, a energia é gerada por painéis solares, a lavanderia e serviço de limpeza utilizam produtos biodegradáveis e os dejetos e a água são reaproveitados. “Todos os alimentos que sobram são dados aos animais que criamos aqui. Aqueles produtos que não estão em condição de consumo, como por exemplo um vegetal estragado, são utilizados em compostagem. Aqui é estritamente proibida a utilização de fertilizante químico. Tudo é orgânico”, garante Paulo.



Serviço

As instalações do hotel comportam cerca de 500 pessoas, e as diárias variam de R$ 425 a R$ 1 mil, com café da manhã e almoço inclusos. As reservas podem ser feitas e dúvidas solucionadas pelo site, e-mail ou telefone.
www.vilavelluti.com.br
contato@vilavelluti.com.br
(61) 3363-9339 / 3262-0570 / 9.9698-0720

 

 

* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

Visitou a convite de Vila Velluti Hotel de Campo, SPA & Convenções 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade