Publicidade

Correio Braziliense

Pacífico agitado

Duas cidades trabalham juntas para fomentar o turismo da costa oeste do país e mostrar ao mundo as belezas de suas águas esmeraldas. Cultura, aventura e culinária conquistam os brasileiros


postado em 15/10/2019 10:00 / atualizado em 09/10/2019 12:34

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


Os belos tons de azul das águas cristalinas caribenhas são um desejo de 11 a cada 10 brasileiros. O México é um dos, se não, o mais famoso destino que abriga estes lindos mares, mas nuestro hermano latino guarda riquezas que vão muito além de seu Golfo. Do outro lado da costa e banhados pelo Oceano Pacífico, dois pequenos paraísos formam uma bela e harmoniosa dupla. Os distritos de Puerto Vallarta e Riviera Nayarit são destinos vizinhos e complementares e a diversidade é palavra-chave para ambos.

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


As maravilhas naturais seriam atrativo o suficiente, mas a pujante cultura mexicana enche as ruas, os ares e os corações. As cores, aromas e sabores encantam quem todos que têm a sorte de conhecer as duas cidades. Bem explorada, a gastronomia mescla o requinte, que exige o luxo característico do local, com os costumes dos antigos nativos. E tudo contribui para que o turista seja conquistado pelo estômago. A ampla variedade de peixes e frutos do mar, tudo fresquinho, enseja mais de 50 variedades de ceviche.

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


Resguardada pela Sierra Madre Ocidental, uma cadeia montanhosa que se estende por 1,5 mil quilômetros da costa oeste mexicana, a região está a salvo de tempestades. A topografia também é um deleite para os amantes de aventuras e esportes radicais. Ideal para a prática de tirolesa, rali, arvorismo, escalada, além dos esportes aquáticos como mergulho, snorkeling, trekking, kitesurf, as opções são incontáveis. E para os mais conservadores, as dezenas de campos de golf e os veleiros são a distração perfeita.

 

 

Clima tropical 

 

 

(foto: Vila la estancia riviera nayarit/Flickr/Reprodução)
(foto: Vila la estancia riviera nayarit/Flickr/Reprodução)


Na contramão do que se espera, as praias dos estados de Nayarit e Jalisco, onde encontram-se a Riviera Nayarit e Puerto Vallarta, respectivamente, não são gélidas. Assim explica o porta-voz da I-Tour, Enzo Avezum. “É importante ressaltar que não é um Pacífico de água gelada, diferente da Califórnia. A nossa disposição geográfica possibilita águas temperadas, e a prova disso são as baleias que vêm todo ano entre novembro e maio. É bem diferente da Califórnia e do Chile. Esse mito precisa ser derrubado”.

Dois oceanos, belezas distintas. Diversos da parte caribenha, os mares da costa pacífica não possuem coloração azul, mas esmeralda. Entretanto, a cristalinidade é uma dádiva observada nas duas costas e as areias douradas e brilhantes, também. Os dois destinos compartilham lindas praias, sol e sal, mas muito mais que isso. As atividades abrangem desde pride day a competições de esportes de ação que enchem as ruas de espectadores, como triathlon e mountain bike.

As rotas culturais também são bem exploradas, Enzo ressalta que a proximidade das cidades facilita o livre acesso aos variados tipos de passeios. “Com a opção de voos entre os destinos, o turista pode chegar até Guadalajara e conhecer uma parte histórica das cidades. Como  a cidade de Tequila (estado de Jalisco), onde ele poderá conhecer a produção de tequila premium do México. Neste itinerário, ele pode passar a noite lá e ir conhecendo as cidades que estão no trajeto até Puerto Vallarta, como San Sebastián del Oeste. Dá para fazer uma combinação histórica, cultural e de praias”, aconselha.

Brasileiros na mira

(foto: Karen/Flickr/Reprodução)
(foto: Karen/Flickr/Reprodução)
 

Na semana passada, representantes das duas cidades reuniram-se em Brasília para viabilizar a negociação dos destinos com agências de viagens nacionais. Consagrar a costa pacífica mexicana e mostrar que o belo caribe é uma das opções e não a única, hoje, é o desafio dos empreendedores e governo. Carlos Eguiarte, coordenador de promoções e vendas de Riviera Nayarit fala ao Correio que visita ao Brasil é para “dizer ao público que há mais que Cancún no México” e mostrar a grandeza de seu país.

“Um sabor mexicano, belas praias, excelente gastronomia, muita história e sobretudo o México. Desejo que sintam nosso país e nossas tradições. Eu creio que está funcionando e, pouco a pouco, vamos tratar de convencer o público brasileiro desta nova opção, que eles precisam conhecer um pouco mais. Puerto Vallarta e Riviera Nayarit trabalham juntas, somos os únicos destinos que trabalham juntos para promover nosso México”, diz Carlos.

A costa pacífica, apesar de não ter a aclamação caribenha, é uma antiga conhecida do público brasileiro. Ou, pelo menos, um pedacinho dela, como explana Luis Villaseñor, diretor de promoções e relações públicas de Puerto Vallarta. “Hoje, para o mercado mexicano, os brasileiros são um público muitíssimo importante. Antes mesmo de Cancún ser conhecido, já havia um destino bastante visitado pelos brasileiros que era Acapulco”.

“Hoje, em Puerto Vallarta recebemos mais de 5 milhões de visitantes, dos quais 45% são nacionais e 55% são internacionais. Dos estrangeiros, a maior parcela é de estadunidenses, seguido pelos canadenses. Já no plano latino-americano, o primeiro é a Colômbia, o segundo é a Argentina, e o terceiro é o Brasil. Vemos um grande potencial com o Brasil, pelo tamanho da população e queremos aproveitar a situação econômica do país. O poder aquisitivo aqui é melhor e o real é uma moeda forte ao chegar ao México”, afirma o representante de Puerto Vallarta.
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

Luis defende que as diversas rotas turísticas mexicanas deveriam entrar no radar do viajante. “O México é hoje um dos países mais visitados do mundo e, além disso, é um destino que deve ser revisitado, pois sempre há algo novo para conhecer. Temos Guadalajara que é uma cidade incrível e, até mesmo, a Cidade do México que tem muitos teatros e opções culturais. Além de lugares como San Miguel de Allende que foi considerada a mais bela cidade do país. Precisamos transmitir a mensagem de que há muitas opções de como desfrutar mais desse México”, diz.

A oferta de linhas entre os países aumentou, a Copa Airlines opera voos saindo de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Amazonas, Pernambuco e Bahia com destino a Puerto Vallarta. Todos com escala única no Panamá.

 

 

Novidade à vista

Em 2022, o mundialmente conhecido Cirque du Soleil inaugurará na Riviera Nayarit um complexo de entretenimento exclusivo. Além dos habituais espetáculos, o empreendimento contará com um parque aquático com atividades voltadas aos públicos de todas as idades. “Não existe nada igual no mundo, e a ideia surgiu a partir da criação do Circo de los Niños, um projeto do cofundador do Cirque du Soleil, em San Pancho, cujo objetivo era ensinar arte circense aos jovens locais”, conta Enzo Avezum.

 

 

* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade