Publicidade

Correio Braziliense

Estudar com prazer

Os brasileiros estão cada vez mais antenados nas possibilidades de estudo e reforço de línguas estrangeiras. Há intercâmbios que cabem no bolso de todos. Confira os 10 locais mais procurados


postado em 04/11/2019 10:00 / atualizado em 30/10/2019 12:08

Apesar da crise econômica e do dólar em alta, muitos brasileiros ainda mantêm o sonho de fazer um intercâmbio. Mas, neste momento, é importante planejar bem a viagem para que o período fora do país não estoure o orçamento doméstico.

Levantamento realizado pelo Quero Bolsa — plataforma que conecta alunos a instituições de ensino e oferece vagas e bolsas de estudo – apontou o crescimento na procura por países com custo mais baixo. Confira abaixo os 10 destinos mais procurados por brasileiros no momento do intercâmbio.


1 — Canadá  

 

 

(foto: Tourism Toronto/Divulgação)
(foto: Tourism Toronto/Divulgação)

O que mais atrai intercambistas é justamente o baixo custo, além de uma boa qualidade de vida, belezas naturais e possibilidade de imigração. Outra característica que agrada muito os viajantes é a vida urbana.


2 — Estados Unidos

 

 

(foto: Pixabay/Reprodução)
(foto: Pixabay/Reprodução)

A grande preferência é para cidades populosas e ou litorâneas, como Nova York, Fort Lauderdale, Miami, San Diego, San Francisco, Chicago e Boston, Principalmente pela localização, estilo de vida, clima, entretenimento e atrações turísticas.


3 — Inglaterra

 

 

(foto: Flavia Maia/CB/D.A Press/D.A Press)
(foto: Flavia Maia/CB/D.A Press/D.A Press)

Em terceiro lugar no ranking de preferências, aparece a terra de regiões como Londres, Liverpool, Cambridge e Manchester. Atrações turísticas culturais e a vida noturna atraem os interessados no intercâmbio, além de uma maior facilidade em viajar para outros países da Europa.


4 — Ilha de Malta

 

 

(foto: Darrin Zammit Lupi)
(foto: Darrin Zammit Lupi)

 

Estudar inglês em Malta é uma das melhores opções para quem quer gastar pouco, conhecer uma parte da Europa, curtir praias, sol e vida noturna e ainda retornar ao Brasil com o idioma ainda mais desenvolvido.


5 — Irlanda

 

 

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

O destino atrai pelo baixo custo, beleza natural, grandes possibilidades de emprego e, assim como a Inglaterra, facilidade para viajar para outros países do continente europeu.


6 — África do Sul

 


(foto: Renato Alves/CB/D.A Press)
(foto: Renato Alves/CB/D.A Press)

Se o intercambista está procurando um país com uma história fascinante, belíssimas paisagens, um povo acolhedor e um baixíssimo custo de vida, a África do Sul é a escolha certa. A Cidade do Cabo é a segunda cidade mais populosa do país e a sexta que mais recebe intercambistas no mundo.


7 — Austrália

 


 

(foto: Mariana Ceratti/CB/D.A Press)
(foto: Mariana Ceratti/CB/D.A Press)

A terra dos cangurus tem belas paisagens, povo amigável, agito e esportes radicais. Quem tem esse perfil, deve fazer um bom planejamento de seu intercâmbio, já que esse destino não está entre os mais acessíveis. A viagem no estilo “mochilão”, mais econômica, é indicada para esse país.


8 — Nova Zelândia

 

 

(foto: Chris McLennan/Divulgação)
(foto: Chris McLennan/Divulgação)

Assim como a Austrália, a Nova Zelândia conta com paisagens naturais famosas e de tirar o fôlego. A hospitalidade e as políticas governamentais que incentivam o trabalho estrangeiro são outros atrativos para os intercambistas.


9 — Escócia

 

(foto: Visit Britain/Divulgação)
(foto: Visit Britain/Divulgação)

Edimburgo, a principal cidade da Escócia, é perfeita tanto para quem está em busca de aventura quanto para quem deseja sossego. Quem pretende viajar para o país deve-se lembrar que, além do inglês, eles falam outros idiomas, como scots e gaélico escocês.


10 — Argentina

 

(foto: Fabiano Banin/CB/D.A Press)
(foto: Fabiano Banin/CB/D.A Press)

Tendo o espanhol como principal idioma, o intercâmbio vale para quem quer aprimorar a língua e ainda assim desfrutar de uma boa qualidade de vida a preços bem mais acessíveis em cidades como Buenos Aires, Cordoba ou Mendoza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade