Publicidade

Correio Braziliense

Ano-novo do tamanho do bolso

Nada como chegar ao fim do ano e comemorar as conquistas e renovar a esperança para o próximo. Para se divertir sem preocupação, adote algumas mudanças


postado em 20/11/2019 04:09 / atualizado em 21/11/2019 10:36

Um dos destinos mais procurados pelos brasileiros é a cidade do Rio de Janeiro(foto: Dhani Accioly Borges/Riotur - 1/1/16)
Um dos destinos mais procurados pelos brasileiros é a cidade do Rio de Janeiro (foto: Dhani Accioly Borges/Riotur - 1/1/16)


Comemoração, desejos e agradecimentos são os primeiros pensamentos relacionados ao ano-novo. Sabendo que falta pouco mais de um mês para o réveillon de 2020, a plataforma de descontos on-line Cuponation realizou uma pesquisa para saber os destinos de fim de ano mais procurados, além de propor dicas de como poupar durante o feriado.

De acordo com um levantamento deste ano da Kayak, aplicativo de busca de viagens, as capitais Recife, Fortaleza, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo são cinco dos 10 destinos nacionais mais pesquisados pelos brasileiros para viajar no final do ano. Com dados de um estudo recente da ferramenta de busca de viagens Skyscanner, o Cuponation descobriu que 41% dos entrevistados preferem a região Nordeste para passar o réveillon, enquanto 27% desejam ir para a região Sudeste e 20% para a região Sul. Desses grupos, 40% dos viajantes querem ir para a praia.

 

(foto: Jose Cordeiro/CB/D.A Press)
(foto: Jose Cordeiro/CB/D.A Press)


Em relação aos custos, a ferramenta mostrou que 58% dos entrevistados dizem que o preço é o principal influenciador na escolha do destino. Enquanto 19% querem gastar apenas R$ 500, cerca de 30% estão dispostos a gastar mais de R$ 2 mil na viagem. Fazer economia é sempre um desafio ao preparar uma viagem, principalmente quando se trata de um lugar mais conhecido e de um feriado popular. Por isso, o Cuponation reuniu dicas de como poupar durante a folga sem que haja a necessidade de usar todas as economias feitas durante o ano e o décimo terceiro.

Hospedagem


Uma opção seria trocar a reserva de um hotel por um hostel ou um camping, reduzindo as despesas  até a metade do preço. O contrato pode ser feito por aplicativos próprios ou sites, como Airbnb e CouchSurfing. Lembrando que reservar antecipadamente e fora de temporada ou no local pode sair mais barato, já que pode ser feita a negociação de valores.


Locomoção


Sendo um dos tópicos em que mais se gasta dinheiro, é preciso conhecer bem as opções mais baratas. Saiba que no uso de ônibus e vans, a dica do agendamento antecipado vale igualmente, e se o transporte sair de uma cidade vizinha (ou menor) o custo da passagem cai. Uma possibilidade seria usar aplicativos de transportes (como BlabaCar e Uber) e dividir o valor da corrida ou alugar um carro para seu trajeto. Para quem deseja viajar de avião, as companhias aéreas oferecem o sistema de pagamento da passagem com milhas. Para os passeios locais, considere o uso de bicicletas e patinetes comunitários ou ir caminhando.


Alimentação


A experiência de comer em restaurante típicos sempre é uma ótima pedida, mas, tente poupar garantindo alimentação inclusa na hora da reserva da hospedagem ou sabendo se o local reservado oferece cozinha comunitária. Comer em barraquinhas e quiosques de rua pode sair mais barato, e gastos adicionais em passeios podem ser poupados com aperitivos comprados num supermercado local.


Passeios


Tente reservar seus passeios por conta própria e não com a ajuda de uma agência de viagens. Caso queira um guia, lembre-se que quanto mais perto do passeio essa agência ficar, mais caro ela cobrará. A indicação de reservas antecipadas e de pechinchar servem bem para esta situação também, e não se esqueça de perguntar sobre descontos para estudantes, crianças e idosos. Por fim, leve exatamente o valor que pretende gastar na viagem para não fazer gastos adicionais e considere fazer o pagamento das reservas em sites como Clickbus, Hotéis.com e Decolar.com com cupons aplicados para obter ainda mais descontos no valor.


Programe-se

www.cuponation.com.br/
insights/anonovo-2020

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade