Publicidade

Correio Braziliense

Programe-se para viajar em feriados emendados; confira roteiros perto do DF

Feriados emendados ao fim de semana permitem muitas chances de pegar a estrada e dar uma escapadinha da rotina para conhecer lugares novos e curtir experiências perto de casa. Programe-se


postado em 16/01/2020 10:00 / atualizado em 17/01/2020 12:13

(foto: Pixnio/Reprodução)
(foto: Pixnio/Reprodução)
Uma oportunidade para explorar novos lugares ou mesmo para passar um tempinho com a família e amigos. Independentemente do programa escolhido, os feriados são intensamente aguardados e muito bem-vindos. O calendário de 2020 promete muitos dias de descanso entre um e outro caos da rotina.


Dos 12 feriados nacionais, 10 podem ser emendados ao sábado e domingo e somente um deles não ocorre em um dia de semana. Um cenário perfeito para pensar naquela fugidinha do centro para respirar o ar puro da natureza, dar um mergulho no mar ou cachoeira. É tempo de pegar a estrada e se aventurar quebrando a monotonia. Isso sem contar o carnaval e a Semana Santa que ocorrem em dias fixos da semana, portanto, sem alteração em 2020.

Em abril, o Dia de Tiradentes (21) cai na terça-feira e, para alguns sortudos, isso significa ter quatro dias para aproveitar longe do trabalho e perto da diversão. Em junho, o Corpus Christi (11) que tem-se fixado em uma quinta-feira não sofre mudança, mas concede mais uma oportunidade para garantir fôlego extra.

Para quem tem direito, as férias de julho encerram o calendário de descanso da primeira metade de 2020. Os feriados só voltam a dar as caras em setembro, na Independência do Brasil (7) que chega no dia menos aguardado da semana, a segunda-feira. O mesmo acontece no mês seguinte, o dia de Nossa Senhora (12 de outubro) garante mais um fim de semana estendido.

Mais uma segunda-feira enforcada, agora em novembro no Dia de Finados (2). Então, chega a vez daquele que destoou dos demais, a comemoração da Proclamação da República (15) será o único feriado a cair no final de semana. Desta vez, sem chance para um descansinho a mais.

Em compensação, dezembro tem duas oportunidades caindo em uma sexta-feira. O Natal (25), que a depender do caso pode ser prolongado desde sua véspera, permitindo quatro dias de festejo. O mesmo ocorre com a véspera de ano-novo (31), que acontece na quinta-feira e 2021, afortunadamente iniciando-se em uma sexta-feira.

A dois passos

 

Com um calendário cheio de esticadinhas de fimde semana, só não aproveita quem não quer. Mande a preguiça embora, pegue a estrada e conheça destinos a dois passinhos de distância. Brasília está rodeada de riquezas e, rodando poucos quilômetros, cenários encantadores podem te livrar do estresse do dia a dia. Conheça cinco roteiros próximos à capital brasiliense para visitar nos feriados.

Caldas Novas

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

Famosa por ser detentora de um rio de águas quentes, Caldas Novas já recebeu o título de melhor destino goiano. A cerca de 305 quilômetros de distância de Brasília, o local é ideal para quem gosta de ficar “de molho” n’água.

Lá, os hotéis têm estrutura de clube, com opções de diversão a um simples toque no botão do elevador. Comodidade é palavra-chefe e agrada muito. O local fica movimentadíssimo durante os feriados. O público principal são moradores de Brasília e de Goiânia, uma vez que Caldas fica quase a mesma distância entre as duas capitais.

Cidade de Goiás

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

Mais conhecida por Goiás Velho, a cidadezinha com ruas calçadas de pedras, antigas casas coloniais têm cultura e história correndo nas veias. Berço de Cora Coralina, o Goiás Velho guarda a casa da poetisa que foi transformada em museu. O Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica) ocorre anualmente na cidade e enche as ruas de turistas.

Além destas tantas atrações culturais, o município é famoso por sua produção artesanal de doces e quitutes. Com certeza, um deleite aos cinco sentidos para quem passa pelas antigas vielas. Cerca de 300 quilômetros separam a cidade da capital brasiliense.

Pirenópolis

(foto: AugustoMiranda/MTur)
(foto: AugustoMiranda/MTur)

Outra cidadezinha onde o charme da história preenche todas as ruas. O calçamento de pedras, as construções antigas e a famosa Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário são o cenário perfeito para admirar e registrar em fotos. A distância é curta, somente 150 quilômetros separam Brasília deste pequeno éden.

Uma viela só de bares e restaurante, a Rua do Lazer, garante a diversão dos turistas. Mesinhas nas calçadas e muita gente transitando entre os comércios é cena comum em “Piri”, como é carinhosamente conhecida.

O centro histórico é um charme e o encantamento das cachoeiras que são fartas na região. Com uma rica bacia hidrográfica, a diversão à beira dos rios e córregos é certa.

Corumbá

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

O Salto do Corumbá é uma obra esculpida em 50 metros de altura e a 100 quilômetros de distância do centro de Brasília. É logo ali do lado. Voltado ao turismo ecológico, a região tem trilhas que levam a cachoeiras, poços d’água e muito verde. Local para contemplar a natureza áspera do cerrado e se deliciar nas águas frias após caminhar mata adentro.

Para os mais radicais, tem opções de esportes aquáticos como rafting, boia-cross, tirolesa e rapel. As sete quedas d’água encontram-se em um raio de 1,5 quilômetro, o que facilita a visitação de todas elas até mesmo a pé.

Formosa

(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

O pequeno município, localizado a 115 quilômetros da capital, é detentor da maior queda d’água livre acessível do Brasil. Os 168 metros de altura do Salto do Itiquira impressionam e encantam. Tão grandioso quanto bonito. Os respingos alcançam boa parte da trilha que leva à cachoeira, não precisa entrar no poço formado pela cachoeira para se molhar.

O parque onde encontra-se o salto tem outras duas quedas e todas com acesso às águas. Lá também tem opções de hospedagem e um parque aquático completo, com sauna, piscinas aquecidas e pontos de alimentação. 



*Estagiária sob supervisão de Taís Braga

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade