Publicidade

Correio Braziliense

O cenário é uma viagem

Para os fãs da cultura pop, locais onde foram gravados filmes e séries com heróis, vampiros, bruxos e vilões se transformam em pontos turísticos. Confira alguns mais conhecidos


postado em 29/02/2020 10:00 / atualizado em 26/02/2020 14:26

A estação central é uma das atrações da Big Apple, reconhecida em diversos filmes(foto: Allison Joyce/AFP - 2/11/12 )
A estação central é uma das atrações da Big Apple, reconhecida em diversos filmes (foto: Allison Joyce/AFP - 2/11/12 )


Os fãs de cultura pop já provaram várias vezes o amor que têm pelos filmes, animações, séries e jogos. São colecionáveis quadrinhos, cosplays e outras diversas demonstrações de carinho. O turismo não fica de fora, com diversos destinos que se tornaram mais populares por serem cenário de grandes produções. Não à toa, a escadaria onde o Coringa — vencedor do Oscar de melhor ator pela excelente interpretação de Joaquim Phoenix — dança, em Nova York, se tornou ponto turístico em pouco tempo. Situada no Bronx, nela ocorre a icônica cena em que ele dança Rock and roll — Part 2, de Gary Glitter. Desde o sucesso do longa, as pessoas fazem fila para tirar fotos e postá-las nas redes sociais com a hashtag #jokerstairs.

(foto: DANIEL SLIM/AFP)
(foto: DANIEL SLIM/AFP)

Nova York é cenário de dezenas de outras produções. A Grand Central Station apareceu em Armagedom; a Times Square foi cenário em Borat e Hancock; e o quartel de Ghostbusters fica em Manhattan. Além disso, é em NY onde acontecem muitos filmes do universo cinematográfico Marvel. Os exemplos mais marcantes são a fictícia Torre Stark, que fica em Manhattan, e o Bairro Queens, que é protegido pelo Homem-Aranha. A invasão de Loki e o exército alienígena do primeiro filme da série Vingadores destrói boa parte do município, para onde eles voltam no último filme, Vingadores: ultimato.

(foto: Gusan/Reprodução)
(foto: Gusan/Reprodução)

Na esteira do Oscar, o filme O Irlandês, da Netflix, se passa quase todo na Filadélfia, mas a Máfia retratada na produção cinematográfica tem um museu em Las Vegas, com três andares dedicados aos mistérios do crime organizado nos Estados Unidos. O museu é interativo e conta a história e o acervo — entre armas e joias — de diversos mafiosos, como Al Capone.

(foto: Thomas Wolf/wikimedisa.org/reprodução)
(foto: Thomas Wolf/wikimedisa.org/reprodução)

Já o filme Era uma vez em... Hollywood, de Quentin Tarantino, conta a história de dois jovens no final da década de 1960, em Hollywood. Símbolo épico do show business, a capital do cinema atrai turistas do mundo todo com seus pontos de referência, como a Calçada da fama, repleta de estrelas. As principais atrações incluem os estúdios da Paramount Pictures, espaços históricos da música, como o Hollywood Bowl e o Dolby Theatre, que abriga a premiação do Oscar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade