Veículos

Das pistas para as ruas

A McLaren anunciou que vai produzir 350 unidades do modelo 620R, um bólido que tem todos os atributos de um carro de competição, com motor de 628cv que garante a adrenalina

postado em 02/01/2020 04:06
A McLaren anunciou que vai produzir 350 unidades do modelo 620R, um bólido que tem todos os atributos de um carro de competição, com motor de 628cv que garante a adrenalina

A McLaren lança o 620R como o primeiro carro de sua categoria a oferecer as credenciais de um bólido de corrida totalmente legalizado para circular nas ruas. O cupê de linhas esportivas será vendido em edição limitada de apenas 350 unidades, e tem como base as especificações do McLaren 570S GT4, um modelo feito para competições. De acordo com o fabricante, o 620R proporciona a verdadeira sensação de dirigir um carro de corrida nas ruas.

O McLaren 570S GT4 venceu corridas em todos os campeonatos nos quais competiu, desde sua estreia em 2017. E para atender a pedido de clientes, a McLaren resolveu homologar um modelo com as mesmas características de competição, porém para rodar nas ruas e estradas. Assim nasceu o novo McLaren 620R, um cupê superleve feito para entusiastas que buscam a autêntica sensação de pilotagem em corrida, com um detalhe: sem as restrições que os regulamentos de competição aplicam.

O 620R tem o mesmo chassi Monocell II de fibra de carbono em peça única do 570S GT4, o que garante resistência excepcional e baixo peso (1.282 quilos a seco). O modelo traz ainda elementos aerodinâmicos ajustáveis, componentes de suspensão derivados de competição e recalibração do trem de força para aumentar a potência e o desempenho.


Usina de força

O motor é o M838TE, um V8 biturbo de 3.8 litros, o mesmo do GT4, mas com uma diferença significativa. Como está livre das regulamentações de competição, foi possível reconfigurar o ECU do motor e o gerenciamento do turbocompressor para atingir 628cv e 63,2kgfm de torque, fazendo do 620R o Sports Series mais potente do mercado. Com essa usina de força, o bólido acelera até 100km/h em 2,9 segundos, e chega aos 200km/h em 8,1 segundos. A velocidade máxima é 322km/h.

O carro tem estrutura mais rígida para suportar as fortes acelerações e conta com câmbio de sete marchas (SSG), que garante mudanças muito rápidas. Traz ainda a tecnologia Inertia Push da McLaren, que converte a energia acumulada do volante em uma explosão momentânea de torque na mudança de marchas. O piloto conta com o modo Sport, que traz, entre outras coisas, o ruído do ;crack; na hora das mudanças de marchas, criado por um corte de uma fração de segundo da faísca de ignição.

Os amortecedores são os mesmos de competição do GT4, com duas fases ajustáveis manualmente, permitindo que o motorista ajuste o componente ao seu estilo de condução e às condições da pista. O sistema de frenagem conta com discos de cerâmica de carbono (390mm na frente e 380mm atrás) e pinças de alumínio forjado em todas as rodas, garantindo eficiência mesmo em altas velocidades. Os pneus são semi-slick Pirelli P Zero Trofeo R de série, que calçam rodas dianteiras de 19 polegadas e traseiras de 20 polegadas.

O modelo traz asa traseira ajustável em três ângulos, para deixar o carro mais fácil de dirigir nas ruas. Mas se o cliente quiser, pode procurar um revendedor da McLaren para fazer o ajuste e aumentar ainda mais a carga aerodinâmica na traseira, contribuindo para um máximo de 185kg, garantindo voltas ainda mais rápida em circuitos fechados.


Pelado


O interior do 620R foi totalmente inspirado nos bólidos de pista. O acabamento interno não conta com carpete e o painel não tem porta-luvas. Se o cliente quiser ar-condicionado, sistemas de navegação e de áudio, terá que pedir para adicionar, sem custos. O sistema de áudio é da marca Bowers & Wilkins.

O ;piloto; e o passageiro se acomodam em bancos de corrida de fibra de carbono superleves, com cintos de segurança de competição de seis pontos. Outros detalhes remetem aos carros de corrida, como a marca vermelha de 12 horas no volante e as alças para puxar a porta e ajudar a fechá-la quando o piloto está com o cinto atado. Componentes como shift paddles, raios do volante e console central são feitos em fibra de carbono, enfatizando ainda mais a sensação de estar no cockpit de um carro de competição.

Cada 620R terá uma plaqueta no console central com identificação numérica, e a McLaren oferecerá ainda a possibilidade de configurações individuais e pacotes de personalização, que incluem escapamento de titânio SuperSports Exaustor, com acabamento em preto nano e cintos de segurança em diferentes cores.

As cores externas são inspiradas no GT4: McLaren Orange (laranja com listras brancas), Silica White (branco com listras laranja) ou Onyx Black (preto com listras laranja), e cada uma pode ser opcionalmente complementada com adesivos de números de corrida ou um inspirado no McLaren Senna GTR. As 350 unidades do 620R serão feitas à mão no McLaren Production Center em Woking, Surrey, a partir de janeiro. A McLaren informou que uma unidade foi encomendada para o mercado brasileiro, mas o preço não foi revelado.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação