Veículos

Pequeno exclusivo

Marca confirma a chegada do John Cooper Works GP ao Brasil. Versão esportiva será limitada a, apenas, 25 unidades

postado em 11/06/2020 04:18
Marca confirma a chegada do John Cooper Works GP ao Brasil. Versão esportiva será limitada a, apenas, 25 unidades


O Mini Cooper, mesmo nas versões convencionais, é um carro pra lá de interessante. O visual com pegada retrô, o tamanho compacto e o bom acerto dinâmico são os seus maiores atrativos.
Como se isso não fosse suficiente, a marca criou a versão John Cooper Works, que acrescenta boas doses de esportividade e adrenalina ao hatch. Seguindo a linha de ;quanto mais, melhor;, a Mini apresentou a versão JCW GP ; a mais extrema da história do carro.

São 306cv de potência e 45,9kgfm de torque provenientes de um motor 2.0 turbinado. O câmbio é automático de oito marchas e a tração, dianteira. Com esse conjunto, o foguetinho vai de 0 a 100 km/h em apenas 5,1 segundos e tem velocidade máxima de impressionantes 265 km/h.

O hatch destaca-se dos irmãos, também, pelo visual. Ele tem um bodykit exclusivo para ficar mais esportivo. Os detalhes vermelhos reforçam a proposta. O para-choque dianteiro conta com diversas entradas de ar para melhorar a refrigeração do motor.

As caixas de roda contam com apliques plásticos para alargar a carroceria. Na traseira, o destaque é o enorme aerofólio. E não acaba aí, não. O JCW GP é dotado de melhorias no chassis, suspensão e freios, tudo para uma dinâmica ainda mais apurada.

E o preço?

Limitado a três mil unidades no mundo, o John Cooper Works GP terá, apenas, 25 donos no Brasil. Estimamos que o modelo desembarque na casa dos R$ 300 mil. Vai encarar?

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação