Coronavírus

Mortes por covid-19 chegam a 107,8 mil

Vírus provoca mais 620 casos fatais entre sábado e domingo, com a ressalva de que os números oficiais de notificações e de fatalidades provocadas pela pandemia costumam ser menores nos fins de semana

Correio Braziliense
postado em 16/08/2020 23:27

Os casos confirmados do novo coronavírus no Brasil chegaram a 3.340.197, incluindo 23.101 novas notificações entre sábado e ontem, conforme o Ministério da Saúde. No mesmo período, foram registradas mais 620 mortes por covid-19, doença causada pelo vírus, o que elevou o total de casos fatais a 107.852.

Os números oficiais de notificações e de mortes provocadas pela pandemia costumam ser menores nos fins de semana. O motivo é o regime de plantão nos centros de saúde e em laboratórios, o que atrasa o repasse das informações para o ministério.

Segundo ainda os dados da pasta, 2.432.456 pessoas se recuperaram após contraírem a covid-19. Esse número equivale a 72,8% do total de infectados no país. Além disso, 799.889 pacientes estão em acompanhamento.

O estado de São Paulo mantém-se como epicentro da pandemia no Brasil, com um total de 699.493 casos do novo coronavírus e 26.852 mortes. Em segundo lugar está a Bahia, com 216.030 e 4.406, respectivamente. O Ceará vem em terceiro lugar, com 197.619 infectados e 8.133 casos fatais.

Adiamento
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou, ontem, o adiamento por 15 dias da reabertura de cinemas, teatros e casas de eventos na cidade, seguindo a recomendação de especialistas do comitê científico da prefeitura. A fase 6 do plano de retomada estava prevista para ocorrer no domingo.

O plano da prefeitura leva em consideração sete indicadores básicos, como ocupação de leitos e variação de notificação e casos, para que as fases sejam autorizadas. Dos sete indicadores, seis estão com sinal verde para a fase 6, que prevê liberação de cinemas, teatros, museus, casa de shows e competições esportivas com um terço de capacidade. Entretanto, o indicador de notificações de Síndrome Gripal (SG) ainda não é favorável.

Já a terceira e última fase de testes clínicos da vacina desenvolvida pela da Universidade de Oxford, do Reino Unido, está em curso no Brasil e busca definir sua eficácia contra a covid-19. No país, pelo menos 5 mil voluntários da área de saúde participam do estudo, 2 mil deles apenas no estado de São Paulo. Há a possibilidade de a vacina ser liberada para uso emergencial ainda neste ano.

Ex-deputado e ex-jogador morrem

O ex-deputado federal Caio Narcio Rodrigues da Silveira (PSDB-MG), de 33 anos, morreu, na tarde de ontem, vítima da covid-19. Ele estava internado em estado gravíssimo na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital das Clínicas de São Paulo. O falecimento foi confirmado pela assessoria de comunicação do político. O corpo será enterrado em Uberlândia, cidade natal de Narcio. Ele é filho do também ex-deputado federal Narcio Rodrigues e deixa a esposa, grávida de uma menina. A covid-19 também provocou a morte de Antônio Carlos Ferreira da Costa, de 58 anos, zagueiro que jogou na base do Flamengo nas décadas de 1970 e 1980, a mais gloriosa do time. Ele morreu no sábado e estava internado no Hospital das Clínicas de São Gonçalo (RJ).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação