Auxílio: valor até sexta

Ingrid Soares
postado em 26/08/2020 06:00

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que poderá decidir o novo valor do auxílio emergencial até sexta-feira. O chefe do Executivo já havia informado que prorrogaria o pagamento das parcelas do benefício até dezembro. No entanto, o valor será menor que o dos atuais R$ 600, e deverá ficar entre R$ 250 e R$ 400.

“Pretendemos prorrogar até o final do ano, não com este valor que está aí, que pode até ser pouco para quem recebe, mas é muito para quem paga”, disse Bolsonaro. Ele lembrou que, no valor atual, o auxílio custa ao governo R$ 50 bilhões por mês, o que é excessivo para o tesouro. “Vamos diminuir um pouco este valor para ver se a economia pega. Nós temos que pegar. A economia tem que pegar”, declarou, durante a abertura do 32° Congresso Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

O presidente disse que tratou do assunto, ontem, com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e outros integrantes da equipe econômica. “Outras coisas foram discutidas, logicamente, não batemos o martelo ainda. A gente espera que até sexta-feira esteja quase tudo definido para darmos mais uma ajuda, não é favor não, é uma obrigação nossa. É obrigação nossa ajudar o Brasil a sair da crise que ainda temos e venhamos então voltar à normalidade”, concluiu.

O governo pretendia ter divulgado ontem os novos valores do auxílio, juntamente com o pacote do programa Pró- Brasil. Porém, como não houve consenso sobe o auxílio e outros pontos do pacote, o anúncio acabou sendo adiado. Durante a abertura do evento, Bolsonaro destacou a criação de 131 mil empregos com carteira assinada, em julho, segundo os dados oficiais. Mas reconheceu que é preciso fazer mais para recuperar o mercado de trabalho.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação