Ofensa

'Viadinho de bosta'. Após xingamento homofóbico, homem é retirado de voo pela PF

Passageiro não gostou de ser 'incomodado' por comissário de bordo

Humberto Martins/ Estado de MInas
postado em 15/09/2020 22:56
 (crédito: Reprodução/Twitter)
(crédito: Reprodução/Twitter)

A Polícia Federal foi acionada na manhã desta terça-feira no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para retirar de um voo da companhia Latam um homem que agrediu verbalmente um comissário de bordo.

O funcionário exercia normalmente seu trabalho e solicitou ao passageiro que levantasse o encosto do assento para a decolagem. O homem, que estava dormindo, não gostou de ser ‘incomodado’ e reagiu com ofensas homofóbicas: “Viadinho de bosta”.

O comissário relatou o caso ao seu superior, que também foi xingado pelo passageiro: “Outro bosta”.

Pelo Twitter, a Latam se pronunciou sobre o caso e criticou a conduta do passageiro.

“Esclarecemos que foi solicitado o apoio da Polícia Federal para realizar o desembarque de um passageiro do voo LA3333 (São Paulo/Guarulhos – Fortaleza) da manhã de hoje (14) em função de comportamento indisciplinado. Repudiamos veementemente qualquer tipo de ofensa e qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa. Estamos à disposição”, declarou a empresa por meio de seu perfil oficial na rede social.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação