Acidente

MPT-MA vai investigar causa de desabamento de prateleiras em supermercado

Acidente aconteceu na sexta-feira, em São Luís (MA), e matou uma funcionária do supermercado e deixou outras oito pessoas feridas

Hellen Leite
postado em 03/10/2020 14:00
 (crédito: Reprodução/Twitter)
(crédito: Reprodução/Twitter)

O Ministério Público do Trabalho do Maranhão (MPT-MA) informou neste sábado (3/10) que vai instaurar um inquérito para investigar as causas do desabamento de prateleiras no Supermercado Mix Mateus Atacarejo, na capital maranhense. O acidente aconteceu na sexta-feira (2/10), matou uma funcionária do estabelecimento e deixou outras oito pessoas feridas.

Segundo o órgão, serão cumpridas normas de saúde e segurança de trabalho a fim de evitar novos acidentes no local. "O MPT-MA se solidariza com familiares e amigos das vítimas e reforça seu compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas", disse o órgão, em nota.


O desabamento das gôndolas de aproximadamente 10 metros de altura aconteceu por volta das 20h, quando o supermercado estava em pleno funcionamento. Cinco prateleiras caíram sobre os clientes e funcionários em um efeito dominó. Vídeos da câmera de segurança da local, mostram o momento exato do acidente.

Outro vídeo que circulou pelas redes sociais mostra uma longa pilha de produtos de gêneros alimentícios entre outros nos escombros. As buscas pelas vítimas duraram 11 horas e envolveram mais de 144 bombeiros militares e 131 bombeiros civis.

Em nota, o Grupo Mateus, que gerencia o supermercado, disse que os gestores e colaboradores acompanharam o trabalho das equipes de resgate e prestaram toda a ajuda para colaborar com as autoridades. Por causa do acidente, e em respeito às vítimas, as lojas do grupo não funcionam neste sábado.

"Estamos profundamente abalados e pedimos a todos que se unam a nós em uma corrente de orações por todos os envolvidos", finaliza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação