Rio de Janeiro

Idosas têm corpos trocados e família enterra mulher errada no Rio de Janeiro

Caso aconteceu na terça-feira (13/10), e uma das famílias chegou a sepultar corpo errado

Correio Braziliense
postado em 15/10/2020 13:02
 (crédito: Redes sociais/Reprodução)
(crédito: Redes sociais/Reprodução)

Duas idosas que seriam veladas na terça-feira, (13/10), tiveram os corpos trocados por uma funerária de Nilópolis, no Rio de Janeiro. A confusão só foi descoberta quando a família de uma das mulheres percebeu, durante o velório, que se tratava de outro corpo no caixão.

De acordo com a família de Lúcia Maria Pinto, de 76 anos, um corpo foi levado para o Laboratório de Tanatopraxia da Santa Casa de Nilópolis para a preparação para o enterro. Segundo declaração ao G1, quando o velório estaria prestes a começar, os familiares não reconheceram a pessoa que estava sendo velada e, ao entrar em contato com a funerária, descobriram que o corpo de Lúcia já havia sido enterrado pela família de Maria Cecília Pereira Martins, de 89 anos.

Ao Correio, o diretor do laboratório, Sandro Vargas, confirmou o caso, mas disse que o procedimento de troca dos corpos já está sendo resolvido. "Estamos dando toda assistência às famílias e todo o processo será resolvido como eles desejam", informou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação