Parque Cândido Portinari

London Eye canarinha? Roda gigante do governo de SP gera polêmica

Vizinhança dos bairros nobres criticou a ideia temendo que os frequentadores do local aumente a criminalidade

Philipe Santos
postado em 15/10/2020 14:55
 (crédito: Levisky Arquitetos/Divulgação )
(crédito: Levisky Arquitetos/Divulgação )

A construção de uma roda gigante para ser o novo cartão postal de São Paulo virou uma grande polêmica entre os moradores do entorno do projeto. O governo paulista anunciou que levará a maior roda gigante da América Latina para o parque Cândido Portinari, na Zona Oeste. Mas a vizinhança criticou a ideia temendo que os frequentadores do local aumente a criminalidade.

De acordo com o Governo do Estado de São Paulo a roda gigante terá 90 metros de altura e faz parte das ações de revitalização do entorno do rio Pinheiros, “que deve ser despoluído até dezembro de 2022 por meio de um grande programa de saneamento básico”. O projeto foi aprovado, na última terça-feira (13/10), pela Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU) da Prefeitura de São Paulo.

A expectativa é que a roda gigante esteja em funcionamento até o fim de 2021. Não haverá dinheiro público envolvido, de acordo com o governo. “Para explorar o serviço na área, a interessada pagará à Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) R$ 141 mil mensais ou 10% do valor do faturamento bruto (prevalecendo o maior) e destinará parte dos ingressos à população de baixa renda”, diz, em nota.

A polêmica

Essa questão dos ingressos para pessoas com baixa renda parece ser a parte que mais incomoda a vizinhança dos bairros de City Boaçava, Alto de Pinheiros e Vila Leopoldina. No grupo “Alto Pinheiro quer paz” no Facebook, uma participante questionou: “Como atuar para embargar a construção de uma roda gigante no Parque Villa-Lobos”.

Nas respostas, há vários comentários de pessoas criticando o público que o local pode atrair. “Também não gostei, vai ficar horrível e piorar a frequência", escreveu um. “Esse aparelho vai tumultuar nosso sossegado bairro, tirando nossa calmaria, além de trazer problemas logísticos, de criminalidade”, reclamou outro.

Mas há quem defenda também a construção. “O parque é enorme, cheio de espaços vazios, uma alegria para as famílias e não atrapalha nenhuma vista ou fluxo de veículos já existentes. Vamos deixar de bairrismo, esnobismo e elitismo", escreveu. “Verdade. Imagina um monte de suburbano nas nossas colinas de Alto de Pinheiros. Ecaaa. Quer roda gigante, vai para Londres na London Eye", ironizou outro.

Questionada sobre as reclamações dos moradores, a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente disse que não iria comentar. Mas uma fonte ouvida pelo Correio contou que é comum os moradores das regiões sempre reclamarem de qualquer projeto na região através de comentários preconceituosos e até racistas em reuniões.

Projeção de como ficará a roda gigante de 90 metros que será instalada no Parque Cândido Portinari
Projeção de como ficará a roda gigante de 90 metros que será instalada no Parque Cândido Portinari (foto: Levisky Arquitetos/Divulgação )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação