SANTA CATARINA

Polícia encontra maconha escondida em mascote antidrogas

O entorpecente e leão do Proerd foram apreendidos em operação que resultou na prisão de quatro pessoas

Correio Braziliense
postado em 16/10/2020 21:56 / atualizado em 16/10/2020 21:58
 (crédito: Polícia Civil/Divulgação)
(crédito: Polícia Civil/Divulgação)

Uma porção de maconha foi encontrada escondida dentro de um leão de pelúcia símbolo do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) da Polícia Militar.

A droga foi achada enquanto a Polícia Civil realizava a Operação Rescaldo, em Cunha Porã, no Oeste catarinense, nesta sexta-feira (16/10). Quatro pessoas foram presas em flagrante e a porção e o mascote, aprendidos.

A maconha, que não teve a quantidade apreendida informada, foi escondida atrás do mascote quando a polícia cumpria mandado de busca e apreensão na casa de um suspeito.

Alguns exemplares da pelúcia são entregues durante a formação de novas turmas do Proerd pela Polícia Militar de Santa Catarina, que diz lamentar pelo mau uso do símbolo do programa.

Operação Rescaldo

Durante a Operação Rescaldo, a polícia cumpriu cinco mandados de busca e apreensão, que resultou em quatro pessoas presas em flagrante por suspeita de tráfico de drogas.

As identidades dos presos não foram reveladas, mas todos têm entre 18 e 22 anos. A ação contou com aproximadamente 40 policiais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação