Pandemia

Brasil registra 661 novas mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Número de óbitos volta a crescer depois de queda considerável no último fim de semana. País se aproxima de 5,3 milhões de casos da doença, e praticamente 4,7 milhões de pacientes recuperados

Edis Henrique Peres*
postado em 20/10/2020 20:02

Edis Henrique Peres*

Nesta terça-feira (20/10) foram registrados 23.227 novos casos de Covid-19 no Brasil, o total de casos notificados no país é de 5.273.954. O número de óbitos também aumentou em relação ao registrado nos três últimos dias. No sábado o número de mortes notificadas foi de 461; no domingo, 230; e na segunda, 271 novos casos de mortes. Nesta terça, segundo os dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o número de fatalidades cresceu para 661 óbitos.

O Ministério também registrou o total de 4.681.659 casos recuperados e 414.892 em acompanhamento. Até o momento, o estado que registrou o menor número de casos foi o do Acre, com 29.865 registros; e o maior número está em São Paulo, com 1.068.962 casos. Já o Distrito Federal registrou 14 novos óbitos nesta terça-feira (20/10) e apresenta 206.265 casos acumulados.

O Brasil está na 43ª semana epidemiológica da doença, e especialistas ressaltam os cuidados que devem ser tomados. A médica infectologista Joana D’arc afirma que é necessário manter os cuidados de prevenção. “Precisamos de ações de prevenção, não podemos descuidar disso no momento”, ressalta.

Eliana Bicuda, médica infectologista e assessora da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), também relembra os cuidados a se tomar, como higiene das mãos e distanciamento social. A médica conta que casos de covid-19 continuam a chegar nos hospitais, embora em menor número, mas alerta para a possibilidade da chamada segunda onda, que pode aumentar o número de casos consideravelmente.

“Não podemos esquecer que a pandemia ainda não acabou” observa a especialista. A especialista esclarece que, mesmo com diversas pesquisas em andamento, “por enquanto, o uso de máscara é a única vacina que temos”.

*Estagiário sob a supervisão de Carlos Alexandre de Souza 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação