AEROPORTOS

PF deflagra operação contra fraudes em licitações da Infraero

Buscas são realizadas em cinco estados e no DF para identificar provas sobre o esquema criminoso que contava com a participação de empresários

Renato Souza
postado em 21/10/2020 09:42
 (crédito: PF/Divulgação)
(crédito: PF/Divulgação)

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (21/10), uma operação contra fraudes na Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Agentes da corporação cumprem 19 mandados de busca e apreensão em cinco estados e no DF. A maior parte dos mandados é cumprida em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Segundo as investigações, os envolvidos no esquema são empregados da empresa pública e empresários dos ramos de turismo e de alimentação, "que entre os anos 2016 e 2018, teriam fraudado licitações das áreas lounge e quiosques de alimentação nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro, subavaliando essas áreas e desqualificando dos certames empresas que não estivessem associadas ao grupo. Assim, permitia-se a contratação de propostas menos vantajosas para a Infraero em fraudes estimadas em cerca de R$ 10 milhões".

Processo interno

As irregularidades foram descobertas pela própria Infraero, que abriu processo interno de investigação e comunicou o fato ao Ministério da Infraestrutura. Os suspeitos podem responder pelos crimes de associação criminosa, corrupção, violação de sigilo funcional e crimes licitatórios.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação