Clima

Rio deixa estágio de atenção, mas previsão é de chuva no feriado

Na última sexta, uma intensa tempestade provocou alagamentos e quedas de árvores. Foi preciso acionar as sirenes de emergência na Rocinha e fechar o Aeroporto Santos Dumont

Agência Estado
postado em 31/10/2020 11:26
 (crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil)
(crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Depois de uma sexta-feira de fortes chuvas, a cidade do Rio de Janeiro voltou ao estágio de mobilização às 8h45 deste sábado, 31. De acordo com o sistema Alerta Rio, não há previsão de intensificação da chuva nas próximas horas. Ontem a tempestade intensa provocou alagamentos e quedas de árvores, acionou as sirenes de emergência da Rocinha e fechou o Aeroporto Santos Dumont, onde chegam os voos da ponte-aérea Rio-São Paulo.
No momento, chove fraco em pontos isolados da cidade. A previsão é de céu encoberto com chuva fraca a moderada isolada a qualquer momento do dia, informa o Centro de Operações Rio (COR).
O estágio de mobilização é o segundo nível em uma escala de cinco e significa que há risco de haver ocorrências de alto impacto na cidade. Ontem o Rio chegou a entrar em estágio de atenção, quando uma ou mais ocorrências já impactam o município, afetando a rotina de parte da população.
Feriado chuvoso. A tradição de tempo fechado no feriado de Finados deve se manter no Rio.No domingo o tempo permanecerá instável, com chuva fraca a moderada isolada a qualquer momento do período. Na segunda-feira haverá redução da nebulosidade e da intensidade da chuva, mas o céu continuará nublado a parcialmente nublado.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação