Investigação

Modelo mirim é achada pela polícia após 2 dias sumida e desmente sequestro

A adolescente foi encaminhada para o Conselho Tutelar até que a polícia apure o caso

Correio Braziliense
postado em 23/11/2020 15:38
 (crédito: Divulgação)
(crédito: Divulgação)

A modelo mirim Emily Dias, de 14 anos, que estava desaparecida desde a madrugada de sábado (21/11), no interior de São Paulo, foi encontrada pela Polícia Civil do Estado e está bem. À corporação, ela admitiu que fugiu de casa e também desmentiu a versão dos pais de que havia sido sequestrada em Itanhaém, litoral de São Paulo. A adolescente foi encaminhada para o Conselho Tutelar do município.

De acordo com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), agora serão apuradas as condições em que a menina vivia na residência para entender o que pode ter motivado a fuga. Ao portal G1, a mãe de Emily, Dayane Dias, relatou que acordou de madrugada com os latidos do cachorro. Em seguida, disse ter visto um carro saindo da rua e que a maçaneta da casa estava quebrada.

O casal se dirigiu até o quarto das filhas e lá constataram que a adolescente havia desaparecido. Segundo o boletim de ocorrência, a porta que dava acesso à cozinha estava aberta e com a maçaneta no chão.

Após o desaparecimento, a mãe da modelo registrou boletim de ocorrência na PCSP e o caso ganhou repercussão nas redes sociais quando a família da jovem pediu ajuda para encontrá-la.

O caso chegou a ser registrado como sequestro e cárcere privado, na manhã sábado (21), pela Delegacia Seccional de Itanhaém, que agora investiga a situação.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE