VIOLÊNCIA

Assistente de palco da Globo é baleado por policial após briga

Caso ocorreu nesta quarta-feira (25/11), no Rio de Janeiro

Ronayre Nunes
postado em 25/11/2020 22:06 / atualizado em 25/11/2020 22:31
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

Bruno Miranda, mais conhecido como Borat, o assistente de palco do programa Amor & Sexo da Rede Globo, foi baleado nesta quarta-feira (25/11) após uma briga no bairro do Recreio dos Bandeirantes no Rio de Janeiro. A Polícia Militar confirmou o envolvimento de um policial no caso.

Pelas redes sociais, Mariana Mello, a mulher de Bruno, explicou que ele seguia para a academia a pé na manhã desta quarta, quando foi testemunha de um acidente de trânsito que envolveu um casal e um policial. Ao tentar ajudar a mulher a sair do carro, Bruno teria sido atingido pelo tiro da briga entre o motorista de um dos carros e o policial. "O policial militar alterado entrou em luta corporal com o homem do casal e tentou atirar nele, porém a bala sobrou para o Bruno."

A mulher ainda explicou que o marido passou por uma cirurgia após a bala causar lesões no intestino e no rim, mas que agora o homem se sente melhor. Mariana ainda acrescentou que viu Bruno após a cirurgia e que ele estava lúcido e orientado. “A pressão ainda está um pouco baixa e precisando de noradrenalina. Vamos continuar rezando pela recuperação do nosso guerreiro”.

Em nota à revista Quem, a Polícia Militar do Rio de Janeiro comentou sobre a participação de um policial no caso. Leia na íntegra: "A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar esclarece que informações preliminares dão conta de que um policial militar se envolveu em uma briga de trânsito e efetuou disparo de arma de fogo na Rua Maurício da Costa Faria, no Recreio dos Bandeirantes, na tarde desta quarta-feira (25/11). Um homem foi ferido e socorrido ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Uma arma foi apreendida e o policial foi encaminhado para a 16ª DP por equipes da Operação Recreio Presente. A ocorrência segue em andamento."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE