MEIO AMBIENTE

"Solos Vivos das Américas": iniciativa luta contra degradação ambiental

O evento de lançamento ocorre nesta sexta-feira e será transmitido ao vivo

Correio Braziliense
postado em 03/12/2020 18:40 / atualizado em 03/12/2020 18:41
 (crédito: IICA/ divulgação )
(crédito: IICA/ divulgação )

No Dia Mundial do Solo, o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e o professor Rattan Lal, ganhador do Prêmio Mundial de Alimentação 2020 e diretor do Centro de Estudos do Solo da Universidade de Ohio, lançam, nesta sexta-feira (3/12), a iniciativa internacional Solos Vivos das Américas. O objetivo é juntar esforços públicos e privados no combate à degradação dos solos.

O evento de lançamento será transmitido ao vivo pelo Youtube e pelo Facebook às 12h (Horário de Brasília).

A ideia é aproveitar a influência da IICA para incentivar que governos, setor privado e sociedade civil atuem para formular políticas para transformar os sistemas agrícolas.

O Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) é o organismo especializado em agricultura e está presente em 35 países.

Segundo o IICA, na América Latina e Caribe cerca de 20% do solo está comprometido. Aproximadamente 49% dos territórios estão expostos à erosão hídrica e cerca de 56% das terras estão afetadas pela degradação química do solo, com impactos na produção agrícola, saúde das pessoas e segurança alimentar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE