Minas Gerais

Médico e enfermeira que buscariam paciente com covid-19 sofrem acidente aéreo

O médico, a enfermeira e o piloto tiveram ferimentos leves. O acidente aconteceu no aeroporto JK, em Diamantina

Mateus Parreiras - Estado de Minas
postado em 02/01/2021 14:21
Bombeiro em resgate no avião que se acidentou ao tentar pousar no aeroporto de Diamantina -  (crédito: CBMMG/ Divulgação)
Bombeiro em resgate no avião que se acidentou ao tentar pousar no aeroporto de Diamantina - (crédito: CBMMG/ Divulgação)

Uma aeronave de pequeno porte se acidentou deixando três dos quatro ocupantes feridos, na manhã deste sábado (2/1) ao tentar pousar no Aeroporto JK, em Diamantina, no Vale do Rio Jequitinhonha, a 290 km de Belo Horizonte. O avião foi a Minas de São Paulo para transportar um paciente com covid-19 da cidade.

Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), a aeronave pousava para realizar transporte aeromédico e se acidentou nessa manobra.

Estavam embarcados o piloto, um co-piloto, uma médica e um enfermeiro. As três vítimas tiveram ferimentos leves.

Segundo o CBMMG, a aeronave é um Learjet a jato bimotor da Brasil Vidas Set Taxi Aéreo. "A principio, o avião saiu da pista no momento do pouso. Eles estavam buscando um paciente com covid-19 na cidade para encaminhar a outro hospital, ainda não informado", informa a corporação.

Os feridos leves foram identificados pelo CBMMG como sendo o enfermeiro João Carlos Barbosa, de 35 anos, a médica Amanda Gabriela Dourado, de 24, e o co-piloto Eduardo Valim Macena, de 30 anos. O piloto Mauricio de Carvalho, de 32, não se feriu.

Três viaturas de resgate foram enviadas ao local do acidente para realizar o socorro dos feridos e controlar a situação da aeronave para impedir qualquer possível incêndio.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE