LOTERIAS

Loterias quebram recorde de arrecadação em 2020: R$ 17,1 bilhões

Resultado do último ano foi 2,35% maior que o registrado em 2019

Ronayre Nunes
postado em 29/01/2021 19:55 / atualizado em 29/01/2021 19:55
 (crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)
(crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)

As loterias da Caixa Econômica Federal bateram o recorde de arrecadação em 2020. Os resultados foram divulgados nesta sexta-feira (29/1) em comunicado oficial distribuído pela empresa. No total, foram R$ 17,1 bilhões em arrecadações com apostas no último ano.

O número quebra o recorde anterior, de 2019, que teve uma arrecadação de R$ 16,7 bilhões. Foi um aumento de 2,35% nas vendas de bilhetes.

E esse dinheiro todo vai para onde? Segundo a Caixa, R$ 5,9 bilhões foram para pagar prêmios de acertadores (em mais de 300,8 milhões de apostas premiadas) e outros R$ 8,05 bilhões para o que a empresa chama de "áreas prioritárias", como saúde, educação, segurança, esporte, entre outras.

Tanto o valor pago em prêmios quanto a quantia repassada para áreas prioritárias também foram valores recordes na história da empresa.

Queridinha do Brasil

A Mega-Sena foi a modalidade que mais arrecadou. Só da "Verdinha" veio R$ 6,9 bilhões em apostas, cerca de R$ 40,4% do total das loterias. Em segundo lugar ficou a Lotofácil, que arrecadou R$ 5,2 bilhões. Por fim, fecha o top 3 das loterias a Quina, com valor arrecadado de mais R$ 3 bilhões.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE