Covid-19

Brasil ultrapassa 225 mil mortes e mantém média móvel acima de mil óbitos

Foram acrescentadas mais 595 novas fatalidades no balanço desta segunda, totalizando 225.099 registros. Em relação aos casos, são mais de 9,2 milhões de positivos para a covid-19 desde o início da pandemia

Bruna Lima
*Natália Bosco
postado em 01/02/2021 19:39
 (crédito: TARSO SARRAF / AFP)
(crédito: TARSO SARRAF / AFP)

Após encerrar a última semana epidemiológica com acumulado de novas mortes por covid-19 em altos patamares, semelhantes à pior fase da pandemia, o Brasil não vê os números frearem. Pelo 12º dia consecutivo, o país mantém a média móvel de óbitos acima de mil. Com mais 595 fatalidades somadas ao balanço do Ministério da Saúde, nesta segunda-feira (1º/2), o Brasil ultrapassou a triste marca de 225 mil perdas (225.099).

De acordo com o levantamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.062, com incremento de quase 11% em comparação à média de 14 dias atrás. Os número só não são piores dos que os registrados entre 3 e 27 de julho, quando a média móvel ficou acima dos mil casos durante 25 dias consecutivos.

Mesmo diante do esforço de vacinação, ainda muito incipiente e lento para gerar resultados, os estragos provocados pelas aglomerações de fim de ano, somados ao surgimento de novas variantes do coronavírus, continuam sobressaindo. No Amazonas, essa situação é a mais dramática entre as unidades federativas brasileiras. A média de mortes do estado é mais do que o dobro da registrada no pico da pandemia. Está em 138 óbitos, enquanto, em maio, o recorde foi de 66.

Os estados que mais apresentaram novos óbitos por covid 19 foram: Amazonas (149), São Paulo (56), Bahia (39), Rio de Janeiro (37), Minas Gerais (34), Espírito Santo (31), Mato Grosso (24), Santa Catarina (23), Pará (19) e Paraná (18).

No Brasil, das 27 unidades federativas, 25 já ultrapassaram a marca de mil mortos pelo novo coronavírus. São Paulo (53.090) e Rio de Janeiro (29.848) são os dois estados com mais de 20 mil óbitos cada. Já ultrapassaram as 10 mil Minas Gerais (15.094), Rio Grande do Sul (10.715), Ceará (10.477), Pernambuco (10.364), Bahia (10.136) e Paraná (10.048).

Ainda acumulando mais de mil mortes pela covid-19 estão Amazonas (8.266), Pará (7.655), Goiás (7.489), Santa Catarina (6.363), Espírito Santo (5.888), Mato Grosso (5.074), Maranhão (4.708), Distrito Federal (4.564), Paraíba (4.068), Rio Grande do Norte (3.288), Piauí (3.065), Mato Grosso do Sul (2.921), Sergipe (2.786), Alagoas (2.754), Rondônia (2.259), Tocantins (1.386) e Amapá (1.064)

Apenas dois estados registram menos de mil fatalidades pela covid-19 cada: Acre (873) e Roraima (856).


Casos

Nesta segunda (1º/2), o balanço no Ministério da Saúde contabilizou mais 24.591 casos, contabilizando, desde o início da pandemia, 9.229.322 infecções. No país, 926.256 pessoas que contraíram a doença continuam sendo acompanhadas, o que equivale a 10% dos infectados. Ainda de acordo com a pasta, 87,5% dos infectados se recuperaram da doença.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE