ENTREVISTA

"Errei, como várias pessoas erram": após flagra em Cassino, Gabigol pede desculpas

Em entrevista ao Fantástico, jogador negou ter tentado se esconder da polícia

Ronayre Nunes
postado em 14/03/2021 22:23
 (crédito: Divulgação/Polícia Civil)
(crédito: Divulgação/Polícia Civil)

O jogador Gabriel Barbosa Almeida, conhecido como Gabigol, concedeu uma entrevista ao programa Fantástico, da Rede Globo, na noite deste domingo (14/3) sobre o flagra dentro de um cassino clandestino, em São Paulo, na madrugada deste domingo. O atacante do Flamengo se desculpou e negou ter tentado se esconder da polícia.

Segundo Gabigol, a saída para o local tinha sido com o objetivo de jantar com amigos e não jogar no cassino: “Não tenho esse costume de jogar. A única coisa que eu jogo mesmo é vídeo game. Estava com os meus amigos, a gente foi comer, acabamos comendo e quando a gente estava indo embora, a polícia chegou mandando todo mundo ir para o chão”.

O jogador também se desculpou pelo episódio: “Eu peço desculpas para torcida do Flamengo, para as pessoas que gostam de mim. Eu creio que eu não sou um cara de aparecer em matérias assim, nem nunca fui um cara de quebrar a pandemia, estive esse tempo todo em casa. Então eu acho que faltou um pouquinho mais de sensibilidade da minha parte, de entender que não era para eu estar ali. Mas como eu falei, eu errei, peço desculpas e segue o jogo”.

Gabigol também negou a notícia de que teria tentado se esconder debaixo de uma mesa durante o flagra da polícia no local: “Não, se eu tivesse me escondido, eu não sairia como eu saí. Saí de cabeça erguida, como eles pediram, entrei no carro da polícia como eles pediram, fui para delegacia fazer o B.O, quando eles chegaram, pediram para todo mundo ir para o chão, como qualquer pessoa, eu fui para o chão e fiz o que eles mandaram”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE