COVID-19

País registra mais 3.001 óbitos em 24h e bate marca de 400 mil mortes

De acordo com dados do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), número de vidas perdidas no país passou de 398.185 para 401.186. Processo de vacinação segue lento, apesar de as primeiras doses da vacina da Pfizer chegarem ao Brasil nesta quinta-feira (29/4)

Rosana Hessel
postado em 29/04/2021 18:45 / atualizado em 29/04/2021 18:47
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A. Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A. Press)

O Brasil ultrapassou a marca de 400 mil mortes por covid-19 nesta quinta-feira (29/4), conforme dados do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), com base nas informações divulgadas pelas Secretarias Estaduais da Saúde. Foram contabilizadas 3.001 mortes nas últimas 24 horas, totalizando 401.186 vidas perdidas em razão do novo coronavírus desde o início da pandemia.

Há exatamente um ano, o país registrava 449 mortes e acumulava 5.466 óbitos desde o início da série, em 22 de março de 2020. Logo, o número de mortes diárias saltou 568,4%; e o de óbitos acumulados, 7.349,7%. O processo de vacinação segue lento, apesar de as primeiras doses da vacina da Pfizer chegarem ao país nesta quinta-feira (29/4). 

O total de casos no país somou 14.590.678 até hoje, sendo contabilizados 69.389 confirmações de ontem para hoje.

Os dados do painel do Conass mostram ainda que a média móvel diária dos últimos sete dias passou de 2.387 casos para 2.526 nas últimas 24 horas, aumento de 5,8% de um dia para outro.

Do total de registros da doença pelo Conass no país, o estado de São Paulo lidera a lista de casos e mortes entre as 27 unidades federativas, com 2.888.158 de infectados e 95.532 fatalidades desde o início da pandemia. Na sequência, vem Minas Gerais, com 1.351.739 de confirmações e 33.401 óbitos.

O Distrito Federal, na 13ª colocação, registrou, até hoje, 377.656 casos e 7.761 mortes. E, na lanterna, permanece o estado do Acre, com 77.535 notificações e 1.525 falecimentos.

No topo do ranking

No mundo, o total de mortes em razão da covid-19 soma 3.153.746, conforme dados do mapa global da covid-19 da Johns Hopkins University, dos Estados Unidos. O Brasil está em segundo lugar no ranking da conceituada universidade norte-americana.

A lista divulgada nesta quinta-feira, elencada com dados oficiais da véspera, mostrava os EUA em primeiro, com 574.355 óbitos por covid-19. Na sequência, Brasil, com 398.185 mortes; México, com 215.918; e Índia, com 204.832, que vem registrando recordes diários de mortes.

O total de casos da covid-19 no mundo chega a 149.759.370, segundo os dados da entidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE