Coronavírus

Idoso já vacinado morre de covid-19 após surto

Onze pacientes tiveram Onze pacientes tiveram casos confirmados no Lar São Vicente de Paulo, mesmo com as duas doses da vacina tomadas. Morte foi confirmada neste domingo (6/6)

Estado de Minas
postado em 07/06/2021 16:10
 (crédito: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
(crédito: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)

A prefeitura de Alpinópolis, no Sul de Minas, confirmou na tarde deste domingo (6/6) a morte de um idoso contaminado com o coronavírus, mesmo tendo tomado as duas doses da vacina. Ele vivia no Lar São Vicente de Paulo. Ao todo, 11 pacientes da instituição também tiveram diagnóstico de covid-19 confirmado, sendo oito assintomáticos.

A morte foi de um homem de 78 anos, que estava internado no Hospital Cônego Ubirajara Cabral. Ele seria um dos três casos que levantaram as suspeitas de um "surto" na instituição no começo dessa semana. O nome dele não foi divulgado.

A administração informou que vai fazer, nesta segunda-feira (7/6), uma nova rodada de testes para verificar qual é a atual situação no asilo.

O anúncio foi feito junto com a publicação de um comunicado da direção do Lar, que lamentou os casos, e reafirmou que todas as medidas de segurança sanitária foram tomadas.

"Tão logo a epidemia foi declarada pelos órgãos oficiais, o Lar entrou em quarentena absoluta, suspendendo visitas, trabalhos voluntários e a entrada de colaboradores não essenciais", informou a instituição, que abriga 40 idosos.

Ainda segundo o texto, dois idosos também estariam contaminados, mas com "sintomas leves". Já os demais residentes estão assintomáticos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE