Investigação

Casamento de médicos mineiros provoca aglomeração em Arraial D'Ajuda

Infringindo recomendações de prevenção da covid-19, casal de funcionários da prefeitura de Belo Horizonte reuniu cerca de 350 convidados; Secretaria de Saúde analisa o caso

Gabriela Gatti* - Estado de Minas
postado em 09/06/2021 09:05 / atualizado em 10/06/2021 15:50
 (crédito: Reprodução/ redes sociais)
(crédito: Reprodução/ redes sociais)

O casamento de um casal de médicos mineiros, funcionários da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), provocou uma aglomeração de cerca de 350 pessoas em Arraial D'Ajuda, na Bahia, no último sábado (5/6). As imagens divulgadas nas redes sociais mostraram que medidas contra a covid-19, como o uso de máscaras e o distanciamento social, não estavam sendo cumpridos.

Ana Luísa Drumond é pediatra e Marcel de Faria é ortopedista. Ambos trabalham no Hospital Odilon Behrens e excluíram os perfis das redes sociais após a repercussão do caso.

A PBH foi notificada sobre a realização do evento e afirmou, por meio de nota, que a Secretaria Municipal de Saúde vai investigar toda a situação e que pretende "tomar as medidas necessárias". A PBH também reforçou que busca alertar e sensibilizar a população em relação à importância das medidas preventivas contra o coronavírus.

Questionado sobre o caso, o Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG) se limitou a dizer que "apura infrações ético-profissionais do médico no exercício da profissão". Ainda segundo o CRM-MG, "o conselho vem recomendando diuturnamente, desde o início da pandemia, o distanciamento social, o uso de máscara facial e a higienização constante das mãos." 

A realização do evento também vai contra as orientações do governo do estado da Bahia, que prorrogou, desde 31/5, as restrições de locomoção da população de todo o estado das 21h às 5h até esta quarta-feira (8/6). Além disso, ficou proibida a venda de bebidas alcoólicas em quaisquer estabelecimentos, incluindo entrega em domicílio (delivery) das 18h da última sexta-feira (4/6) até as 5h de terça-feira (7/6).

 *Estagiária sob supervisão do subeditor João Renato Faria

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE