Geral

PF faz operação para combater tráfico de criança para adoção ilegal

A PF informou que foi possível comprovar que a criança deixou o Brasil no dia 11 de fevereiro, quando foi levada para a Alemanha.

Agência Brasil
postado em 11/06/2021 10:21
 (crédito: Polícia Federal)
(crédito: Polícia Federal)

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (11), a operação Kinder para reprimir o tráfico internacional de pessoa para adoção ilegal. A ação cumpre mandado de busca e apreensão, expedido pela 4ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, em uma residência no bairro de Anchieta, zona norte da capital fluminense, onde mora a mãe de uma criança recém-nascida traficada.

As investigações começaram no dia 24 de agosto de 2020 e, segundo a PF, indicaram "associação de esforços entre os participantes do esquema criminoso para viabilizar o registro ideologicamente falso de criança recém-nascida, de forma a constar como pai biológico um cidadão angolano, com cidadania portuguesa mas residente na Alemanha". A PF informou que também foi possível comprovar que a criança deixou o Brasil no dia 11 de fevereiro, quando foi levada para a Alemanha.

Agora, por meio da Cooperação Jurídica Internacional, os policiais federais vão levar o resultado das investigações às autoridades alemães.

CONTINUE LENDO SOBRE