Pandemia

Covid-19: Brasil é país com mais mortes por milhão entre os mais populosos do mundo

Considerando apenas as nações com mais de 100 milhões de habitantes, Brasil lidera o triste ranking com larga vantagem e ainda figura entre as 10 nações com maior índice relativo de mortes

Thays Martins
postado em 21/06/2021 13:26 / atualizado em 21/06/2021 13:32
 (crédito: Diego Ramos / AFP)
(crédito: Diego Ramos / AFP)

O Brasil é o único país com mais de 100 milhões de habitantes a integrar a lista dos 10 países com mais mortes por milhão de habitantesno mundo. Em valores absolutos, com mais de meio milhão de mortes por covid-19, a nação também está cada vez mais próxima de se tornar o país com mais óbitos pela doença. Por enquanto, os Estados Unidos ainda lidera este triste ranking.

Ao se comparar a realidade brasileira com países que têm a população próxima à nossa, dá para se ter uma noção da magnitude que a pandemia tomo. A Indonésia, com 270 milhões de habitantes e mesmo com o descontrole da variante Delta, que tem feito os casos explodirem no país, tem 54.662 mortes por covid-19, segundo dados da Universidade John Hopkins. 

O Paquistão, 216 milhões de habitantes, acumula 22.007 mortes. A campanha de imunização no país também anda em passos lentos. Semana passada, 40% dos centros de vacinação tiveram que ser fechados devido à escassez do imunizante. O país recebeu 1,55 milhões de doses da Coronavac no domingo e espera receber mais 3 milhões de doses nesta terça. “Portanto, qualquer pressão no sistema e problemas locais de distribuição serão atenuados de segunda ou terça-feira”, disse Faisal Sultan, chefe da saúde no país, em uma postagem no Twitter, no último sábado (19/6).

Bangladesh, por sua vez, com 163 milhões de habitantes, tem 13.548 mortes. O país anunciou nesta semana a extensão por mais um mês das restrições de circulação. A preocupação é principalmente com a fronteira com a Índia, onde tem-se registrado um aumento de casos.

E a Nigéria, com 201 milhões de habitantes,  tem só 2.117 mortes totais, número próximo ao que o Brasil tem registrado diariamente. No entanto, este número pode ser muito maior devido a baixa quantidade de testagem. O país está com restrição para entrada de brasileiros desde maio. A proibição se estende para quem visitou a Índia e a Turquia. 

 

A pandemia em números 

O Brasil chegou a marca de 500 mil mortes neste sábado (19/6). O país é o segundo do mundo a atingir essa marca. O número de óbitos no Brasil dobrou em apenas três meses. As últimas 100 mil vidas perdidas levaram apenas 51 dias para ocorrer. O ritmo está tão acelerado que, se continuar no mesmo ritmo, o Brasil pode ultrapassar os Estados Unidos, que têm mais de 600 mil mortes, em menos de três meses. 

Na comparação por milhão de habitantes, o Brasil é o nono do mundo com mais mortes. Ele está à frente de países como Estados Unidos, Índia, China e Rússia. Com 617 mil mortes por covid-19, os Estados Unidos só aparece em 20° lugar quando se faz a comparação pela quantidade de habitantes. 

 

 


 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE