MARGINAL PINHEIROS

Estrutura do metrô de São Paulo despenca sobre Rio Pinheiros

A ponte estava em construção e faz parte da linha 5 (lilás) da companhia paulista. Dois ficaram feridos

Talita de Souza
postado em 17/08/2021 18:53 / atualizado em 17/08/2021 18:53
 (crédito: Brasil Urgente)
(crédito: Brasil Urgente)

Um acidente assustou moradores de São Paulo que passavam pela Marginal Pinheiros no começo da noite desta terça-feira (17/8). Uma passarela em construção pela Companhia do Metropolitano de São Paulo na altura de Santo Amaro despencou sob o Rio Pinheiros. Duas pessoas foram feridas com a queda da estrutura e receberam atendimento pelo Samu do Estado. Até o momento não há notícias As informações são do Brasil Urgente, da Band.

O secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, afirmou que a obra é realizada pela concessionária que opera a linha 5 lilás do Metrô e que “não é uma obra que foi licitada pelo governo do Estado e nem conta com recursos públicos”.

“Está em apuração o que ocorreu e estou indo ao local para entender melhor o que aconteceu. Queremos saber se os trabalhadores se acidentaram, se outras pessoas se feriram, o que ocorreu de fato, todas as informações necessárias”, frisou.

A estrutura, que estava sendo levantada nos dois sentidos do Rio, servirá para ampliar a plataforma de embarque e desembarque da Estação Santo Amaro. “Ela dobrará a capacidade de permanência de pessoas para usarem o Metrô”, contou o secretário.

Um vídeo obtido pelo programa Brasil Urgente mostra trabalhadores dentro de uma gaiola de transporte sem controle. É provável que o utensílio tenha se colidido com a ponte, o que a fez desmoronar. Uma vítima sofreu um ferimento na cabeça mas está consciente. A outra teve um ferimento na perna. Os dois estão sendo encaminhados ao hospital pelo Corpo de Bombeiros.

Gaiola se descontrolou e pode ter colidido com a estrutura
Gaiola se descontrolou e pode ter colidido com a estrutura (foto: Brasil Urgente)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE