Goiás

Homem mata casal que teria infectado o pai dele com covid-19

O atirador atingiu também o filho de uma das vítimas, mas o jovem sobreviveu. Caso ocorreu em Itumbiara, sul de Goiás

Correio Braziliense
postado em 18/08/2021 12:53
Vítimas foram emboscadas em um galpão na manhã de terça-feira (17) -  (crédito: Polícia Civil/Reprodução)
Vítimas foram emboscadas em um galpão na manhã de terça-feira (17) - (crédito: Polícia Civil/Reprodução)

Um casal foi morto a tiros em Itumbiara, sul de Goiás, após ser acusado de transmitir o coronavírus a outra família da região. Flanklaber Silva e Silva, de 40 anos, e Marilia Silva e Silva, de 37 anos, foram alvejados pelo menos 19 vezes. O crime ocorreu na terça-feira (17/8). O filho de uma das vítimas também foi baleado, mas sobreviveu ao ataque.

Flanklaber morreu no local. Já Marilia chegou a ser socorrida e levada ao hospital municipal, mas não resistiu. Ela foi atingida por diversos disparos, entre eles um no rosto. O sobrevivente, também socorrido em Itumbiara, foi transferido para Goiânia. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

À Polícia Civil, o jovem, de 21 anos, contou que os três vinham recebendo ameaças de um conhecido. De acordo com o relato, o homem queria vingar a morte do pai e do irmão por covid-19. O atirador supunha que a contaminação dos familiares teria sido responsabilidade das vítimas.

O autor do crime ainda não foi identificado. Segundo o delegado Felipe Sala, que comanda as investigações, a polícia deve voltar a ouvir a vítima para ter mais detalhes, mas já existe uma lista de suspeitos. As investigações seguirão comandadas pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil de Goiás.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE